5 de mai de 2007

Dias e noites calientes


Se você se encantou com a cor do mar e da areia das cenas do filme Muito Gelo e dois dedos d´água, seu destino é Maceió, que oferece atrações para todos os gostos: belas praias, gastronomia empolgante, preços baixos e vida noturna cada vez mais animada.
A cidade tem apenas 200 anos, e nasceu de um grande engenho de açúcar. Não tem grandes patrimônios culturais e históricos como Salvador e Recife, mas deixa ótimas impressões, a começar pelo aeroporto que, totalmente reformado, moderno e organizado. Depois, quando você vir o mar alagoano, numa cor intensa de hipnotizar, freqüentemente comparada às de Fernando de Noronha. A orla de Maceió (também revitalizada, com ciclovias e grande área para caminhadas e corridas) está entre as mais bonitas do país.
Temporadas de chuvas são raras e o sol fortíssimo é abrandado pelos constantes ventos que assolam as praias da cidade – as principais são Ponta Verde, Pajuçara, Jatiúca, Cruz das Almas e Lagoa da Anta. As duas primeiras concentram quase todos os hotéis, quiosques na orla, serviço de praia e bons restaurantes.
Em Pajuçara, boa opção é o passeio de jangada numa travessia desde a areia até as piscinas naturais. Lá, do meio do mar, com a água pela cintura e peixes por toda parte, você contempla o horizonte incrível da cidade enquanto toma uma caipirinha ou uma água-de-côco.
Ponta Verde tem também um pôr-de- sol dos mais bonitos, principalmente se avistado do mirante que fica bem na ponta de areia que dá nome à praia e uma praia movimentadíssima.
Mas Maceió também é famosa por suas muitas lagoas, que podem ser conhecidas no passeio chamado "9 ilhas", que pode ser comprado diretamente no local ou nas recepções dos hotéis. O passeio todo dura 3 horas, mas você pode resolver esticar até o final da tarde e ver o sol se pondo por dentro das lagoas, no bairro gastronômico de Massagueira, conhecido pelos restaurantes simples de porções gigantes de frutos do mar e pelas cocadas deliciosas vendidas na beira da estrada.
Hoje, a praia mais famosa de Maceió é a praia do Gunga que, com toda a divulgação que recebeu nos últimos dois anos, deixou de ser aquele mar de tranquilidade que era no princípio; mas chegar lá é uma experiência única, seja de carro (atravessando uma propriedade particular, da qual a praia faz parte) ou de catamarã, vindo da Barra de S. Miguel.
Queridinha dos estrangeiros, mas já no município de Marechal Deodoro, é a Praia do Francês, com muitas barracas ao pé da areia que funcionam até o por-do-sol. As águas são calmas e mornas e a faixa de areia é grande, valendo um bom dia de sol e preguiça.

Um comentário:

Anônimo disse...

Parabéns...Adorei seu relato.Estou indo prá Maceió em fev,pela primeira vez,anotei todas suas dicas.
Abraços
Graça