24 de jun de 2007

Todos os caminhos levam às praças de Roma


Roma é uma cidade marcada por suas praças. Não que lhe faltem outros atributos, pelo contrário: Coliseu, igrejas monumentais, Fórum Romano, Vaticano, Pantheon, museus... tudo isso é elemento essencial em sua constituição como antiga capital do mundo. Mas são suas fontes e praças que mais ficam na memória de seus visitantes – sem falar que constituem também um belo roteiro para desbravar a cidade.A praça da República fica a menos de dez minutos de caminhada da estação Roma Termini e oferece uma visão geral dos aspectos mais cotidianos da cidade e seus moradores, além de ser vizinha às Termas de Diocleciano, com mais de 1700 anos de existência. A Piazza San Pietro é a mais emblemática, exibida exaustivamente nas transmissões televisivas via Roma – mas nem por isso menos encantadora: sua arquitetura fascinante (vide as colunas de Bernini) ainda é complementada pela visita à catedral, à cúpula, aos museus e as ruazinhas charmosas do Vaticano. A Piazza di Spagna, rodeada por lojas e restaurantes caros, é sempre tão cheia de gente que você não deve guardar expectativas de fotografá-la sem uma enxurrada de visitantes sobre sua escadaria; mas é passeio para ser feito de dia e repetido de noite. A Piazza Santa Maria, em frente à igreja de mesmo nome, revela os encantos de Trastevere, o bairro de vielas e casinhas muito simples, rodeadas por grandes restaurantes e boas pizzarias escondidos em seus becos. A Piazza Navona também surpreende, com a Fontana Dei Fiume de Bernini e a arquitetura deslumbrante dos prédios que a rodeiam (como a embaixada brasileira) – também os muitos camelôs e caricaturistas que ali instalaram suas barraquinhas. A Piazza Del Pantheon é boa para uma pausa dentre tantas caminhadas, já que ali há bons cafés (e até um McDonalds com vista privilegiada para a construção que guarda o túmulo de Rafael). A Piazza Barberini é mais agitada à noite que de dia, quando fica menos interessante em meio a tantos carros. E a Fontana de Trevi é, para muitos a fonte e a praça mais marcantes da cidade – por isso todo mundo joga suas moedidnhas esperando voltar. Para complementar um passeio à Roma, vale explorar um pouquinho seus arredores. A poucos minutos da capital fica Appia Antica, antigo caminho de acesso dos romanos ao mar – uma de suas partes foi construída 300 anos antes de Cristo: tem ruínas de edificações da época dos romanos e muita catacumbas. A 30 minutos da capital, fica Ostia Ântica, com suas casas de campo, catacumbas e antigas estradas utilizadas pelos romanos. Sua arquitetura revela a presença de povos de todas as regiões com as quais os romanos tinham contato. Para chegar a Ostia Antica, basta pegar um trem na Piazza Ostiense, em Roma.

2 comentários:

Alex disse...

Minha fonte preferida na cidade e um dos locais que mais gostei em toda a itália é a piazza Navona. Lindos prédios, lindas fontes, muita gente, caricaturistas bem humorados. A Navona é a cara dos italianos.

Edison disse...

As praças de Roma são mesmo seus maiores encantos, porisso mesmo é preciso ter pernas e pés bem calçados para aguentar tantas andanças pela cidade.