2 de set de 2007

Turismo de negócios

Dados da Embratur mostram que é o trabalho que traz 26% dos visitantes estrangeiros ao Brasil e é esse também o mesmo motivo de 34% dos brasileiros que embarcam para o exterior. Mas uma viagem de trabalho não pode ser desperdiçada para o prazer, de jeito nenhum. O primeiro passo é escolher bem o endereço do seu hotel. Geralmente, o local onde você irá trabalhar fica no centro financeiro/empresarial da cidade que, convenhamos, não costuma ser o melhor lugar para se hospedar -mexa os pauzinhos e fique um pouquinho mais longe do escritório para aproveitar bem a cidade – especialmente à noite.
Quem está acostumado a viajar a trabalho sabe que muita gente demora anos para pegar o ritmo e conseguir usufruir da viagem pessoalmente também. A maioria das empresas hoje substitui o vôo de executiva por econômica e os hotéis normalmente são simples, sem grandes luxos. Para aproveitar ao máximo para o lazer sua viagem a trabalho, informe-se antes sobre atrações principais, locomoção e a cultura do local visitado. Em destinos exóticos, cuidado com a alimentação: um estudo da revista britânica The Lancet apontou que de cada 100 mil pessoas que viajam a trabalho, 50% têm problemas de saúde durante a viagem ou logo ao desembarcar. Regra básica: bebidas só engarrafadas e alimentos cozidos.
Quanto à mala, antes de colocar qualquer peça lá dentro, cheque qual será a programação do período: visitas a empresas pedem roupas formais; eventos noturnos podem sugerir trajes mais elegantes; almoços são sempre mais informais etc. Invista nos tons neutros (branco, preto, bege, cinza), com peças fáceis de combinar entre si e tecidos que não amassam – o hours concours é a microfibra. E não deixe de colocar sua sunga/biquíni também, para aproveitar pelo menos uma sauninha.

Nenhum comentário: