25 de nov de 2007

Luxo em pleno Amazonas - parte 2

Na hora das refeições, nada de buffet no Silver Wind (http://www.silversea.com/). Ou melhor, até tem buffet para quem faz questão da informalidade ou quer uma refeição muito rápida, mas a alta gastronomia impera em todos os restaurantes do navio, 24h por dia, com nada menos que a grife Relais&Chateaux.
Você pode simplesmente pedir as refeições prato a prato na sua própria cabine, sem nenhum custo adicional:
Ou fazer suas refeições à la carte no charmoso italiano La Terraza ou no restaurante principal, à francesa, The Restaurant, ambos em four-dishes meal, com os melhores vinhos:


Para um jantar especial (seven-dishes dinner!!!), o exclusivo La Saletta, que tem apenas oito convidados por refeição!

Pode aproveitar o exclusivo chá da tarde do Panorama Lounge


E até arriscar seus dotes nos cursos gastronômicos da Viking Cook School:

7 comentários:

FILIGRANA disse...

Marizinha, que luxo, outra vez :mrgreen:
Isso é maldade com a gente.
Essa viagem gourmet, arrasou geral.
Conta mais ;)

Rodrigo Purisch disse...

Mari,

quero a parte 3,4,5....


Gostaria da sua opinião: para um Brunch de Ano Novo em BsAs você escolheria o Alvear ou o Four Seasons (La Mansion)? Estava pensando em um Brunch no Four Seasons e un Te no Alvear..

Mari Campos disse...

Pode deixar, Rodrigo, que as partes seguintes já estão a caminho! Tô na correria pra fechar uns textos, mas postarei muito em breve, prometo!
Para o ano novo, eu faria exatamente o que vc está pensando: o autêntico brunch da Mansion e o inesquecível té do Alvear.
Aliás, eu e Emília estaremos por lá entre Natal e Ano Novo e pensamos em fazer uma mini conVnVenção justamente no chá do Alvear. Topa se unir a nós?

Rodrigo Purisch disse...

Se tudo der certo vou estar no ano novo dia 28 a 3. Deixa só eu confirmar tudo, mas claro que topo o Te!

Anônimo disse...

Mari,

Despois de dormir en esa cama enorme y de ponerse el "body milk" de Bulgari nada melhor que um bom jantar!!!
Parabéns por saber disfrutar del lujo!
Um abraço.
Carmen

Pelo Mundo disse...

Carmen, vc tem razão! Era tuuuuudo muito bom: a cama, os travesseiros, as amenities Bulgari, o champagne 24h por dia e, sobretudo, as refeições absolutamente inesquecíveis!

Marcio Nel Cimatti disse...

Eu não sabia que existia isso não!

Imagino se fizerem propaganda disso por aqui!!

Os gringos vão adorar!

Bjo!