31 de jul de 2008

Seguro saúde é tudo

Vocês sempre acham que eu sou a mala porque estou sempre falando da importância de fazer um seguro viagem. E olha que não rola jabá nenhum! É que realmente eu acho que, quando compramos uma viagem ao exterior ou mesmo um cruzeiro pelo litoral brasileiro, fazer um seguro viagem é, definitivamente, o menor gasto que vc terá durante todas as suas férias. Um bom seguro custa, para uma viagem ao exterior (incluindo Europa, que exige uma cobertura maior) por 15 dias, cerca de 70 ou 80 dólares - isso para você ficar absolutamente tranquilo durante o período e ter cobertura para seus gastos com medicamentos, internações, cirurgias, perda ou extravio de bagagem e outras coisinhas piores, que não queremos nem mencionar, né?
Pois vcs viram o que aconteceu com os brasileiros no México, aqui pertinho de mim? Sim, foi uma fatalidade, e ninguém viaja esperando que aconteça uma fatalidade - toc, toc, toc. Mas imprevistos, coincidências e desgraças acontecem, infelizmente, e o mais importante é estarmos preparados para elas. A família brasileira, que não tinha feito seguro viagem, está dependendo de doações de mexicanos e de amigos brasileiros para que sua filha, gravemente ferida, possa ser operada do trágico acidente que vitimou a família. E também precisa repatriar a mãe, que infelizmente faleceu na hora.
Tudo isso é muito triste, sem dúvida. Mas que sirva de alerta para que outros viajantes brasileiros não comentam o mesmo erro, ok?

7 comentários:

Cris disse...

Tem super razão, Mari! Seguro viagem é item número 2 numa viagem - fechou aéreo, antes mesmo de reservar o hotel, é hora de comprar o seguro.

Ju disse...

Certíssimo, Mari; não existe esse tipo de economia barata para viajantes, de jeito nenhum!

Carla disse...

Certíssima, Mari! Prevenir é sempre o melhor remédio!

Chris Pessoa disse...

Viajar sem seguro não dá mesmo. Só a tranquilidade de saber que, se precisar, está protegido... é bom demais.

Fê Costta disse...

Oi Mari!

É verdade, o seguro é fundamental e é o tipo de coisa que a gente paga para não ter que usar! Estou voltando agora para a Europa e vou ficar bem mais de um mês... o seguro é uma fortuna para um período longo, mas tem que ser! Vai saber o dia de amanhã, né?!

Nossa, como as filhas do Klynk estão imensas! Lembro de quando elas eram um bebê... o tempo voa, amiga! rs

Para vc que amou Cesky Krumlov, não deixa de vir ver sobre Kutna Hora. Esteve lá também? Lindo de mais aquilo ali! ;)

Bjs!

Katia disse...

Sim, pra ficar muito tempo o seguro é caro; mas para ficar poucos dias, é certamente o menor gasto da viagem mesmo. E em qualquer situação, antes prevenir do que remediar.

Mari Martins disse...

Qual seguro saúde vcs indicam? Estou em busca de um URGENTE!