3 de jun de 2010

A bela Taipu de Fora

De tudo que eu vi, a praia de Taipu de Fora me pareceu, de longe, a parte mais bonita da Península do Maraú (bonita até quando a gente vê lá de cima, do aviãozinho, chegando e saindo, e mais bonita ainda a visão que a gente tem de dentro das piscinas naturais - mas, sorry, não tirei fotos nessa hora).
O lugar, além de ser delicioso pra ficar naquela água gostosa, rodeada de peixininhos, olhando a bela parte de costa que se vê por ali, também é muito procurada para os batismos de mergulho (a piscina natural maior que se forma ali é bem profunda; mas pra quem já mergulha o melhor mesmo e sair de barco para outras bandas)
São várias piscininhas que se formam quando a maré baixa, uma mais legalzinha que a outra, em diferentes tamanhos - e, quando a maré sobe, a praia fica tão cheia, mas tão cheia de ondas fortes que nem parece o mesmo lugar.
Na areia, montes de barzinhos e barracs com serviço de praia, cerveja, caipirinha, sucos e porçõezinhas para quem resolve passar o dia mesmo ali. Pra mim, a mais legal, também de longe, foi essa acima e abaixo, a barraca Bar das Meninas (três amigas que, hoje não tão mais meninas, chegaram ali há muitos anos e nunca mais quiseram voltar pra casa).
Tem estacionamento legal, mesinhas na sombra e no sol, restaurante coberto pra quem preferir e um serviço de praia bem legalzinho. Pra chegar e ficar mesmo.
E em tempo: pra quem pensar em ficar de fato por ali, já li e ouvi ótimas recomendações da Pousada Taipu de Fora, que fica a uma caminhadinha dessa parte que eu curti mais.

Nenhum comentário: