6 de ago de 2010

Murphy rules

Não, não deu nada errado na viagem, tks God. Claro que um ou outro pepininho sempre acontece, a gente sempre esquece isso ou aquilo, faz uma ou outra caca, mas beleza. A viagem foi simplesmente ótima.
Mas Murphy chegou firme no meu voo. Eu contei pra vcs que achei bastante honesto o voo da Air China e que, se encontrasse outra oferta bacana como encontrei, voaria de novo com eles numa boa. Mas também contei pra vcs que um bebê absolutamente irritante viajou ao meu lado e gritou durante toooodo o voo de ida pra Madri, com uma mãe igualmente irritante e incompetente. Pois não é que no voo de volta a mesma dupla infernal sentou, de novo, do MEU LADO??? Agora, me diga: qual a probilidade de vc comprar um voo GRU-MAD-GRU e sentar na ida E na volta ao lado do mesmo passageiro???
Murphy rules. Definitivamente.

3 comentários:

Cris Campos disse...

Mari, você devia ter algum karma pra pagar com essa mulher, não é possível!!

hannalac disse...

Olá Mari,

Puta zica!!!
Espero que nao os encontre mais.

Vou sua fa. Sempre acompanho seu blog do uol. Agora te encontrei aqui e no twitter.

Boa proxima viagem!
Hanna

Eliane disse...

As empresas aereas deveriam "agrupar" essaas maes com criancas numa area la' no fundao do aviao. Ou ao menos coloca-las no compartimento de bagagem... brincadeirinha...
Porem nao ha nada pior que crianca chorando nesse voos longos.
Nao entendo por que as pessoas sem criancas tem que aguentar esses pais incopetentes... se a crianca nao se cala, que fiquem em casa!
Eliane