5 de jul de 2011

Mandarin Oriental, Paris: enfim, aberto

 Eu já tinha falado dessa inauguração desde muito antes dela acontecer, lembram? Eu pirei com a ideia de um hotelaço como um Mandarin Oriental na minha cidade do coração desde que ouvi os primeiros rumores sobre o negócio e vi esse teaser aí de cima - afinal, J´aime Paris beaucoup aussi! ;-))))))
 E então mês passado o tão sonhado dia de cortar a faixa inaugural aconteceu - acabei deixando passar que tava entre viagens e um big trabalho de edição. Mas não poderia deixar de registrar, mesmo com delay, um dos mais comentados lançamentos hoteleiros do ano.
 O lobby é essa belezura aí; foto que eu já tinha até postado antes, pois foi uma das primeiras imagens de divulgação liberadas para a imprensa internacional durante os ajustes finais no edifício art-deco que o hotel ocupa.
 A localização, em plena Saint Honoré, não é a minha preferida, não; mas é sem dúvida o endereço mais chique e hypado da cidade-luz. Belíssima escolha. E tem promotion de inauguração: de 17 de julho a 28 de agosto, quem se hospedar lá recebe crédito cash de 300 euros (quartos) e 500 euros (suítes) para gastar no spa ou num dos restaurantes do hotel.

 Os quartos, a julgar pelas fotos, são aquela lindezura comum aos Mandarin Orientals mundo afora: linhas clean, cores elegantes, muita luminosidade natural, banheiros desbunde.
E o terraço... ah, o terraço! Acho bem que eu poderia me hospedar aí mesmo, sem nem cama nem nada, só com essa vista :-))))

Se eu fui pra inauguração? Nananina, quem me dera! Mas que eu vou dar uma passadinha por lá, sem a menor sombra de dúvidas, na próxima visita a Paris, isso eu vou - nem que seja só pra dar uma espiadinha ao vivo e a cores tomando um drink no bar ;-)

(o crédito das imagens é todinho fotos-divulgação do próprio hotel)

Nenhum comentário: