2 de jul de 2011

Viajar com crianças: Portillo vale

 Eu sabia que Portillo tinha uma vibe super familiar. Mas até pisar ali não imaginava que isso fosse levado tão a sério: a estação estava tomada por famílias com crianças de todas as idades, de babies a adolescentes. De copinha para aquecer mamadeiras e papinhas a equipes de entrentenimento com programação diferenciada para cada faixa etária, achei bem bacana.
Olha a menininha encantada com o São Bernardo mascote do hotel
 A estrutura para eles é mesmo muito bacana. Os tios cuidam da criançada o tempo todo, e até lancham com elas. Fora das pistas, fazem um auê danado no salão de jogos e na salinha do Kid´s Club, que tem até disco - mas tudo tão controlado que a gente simplesmente não vê e nem ouve, uma maravilha.
 Nas pistas, eles são reis. Lotam as aulas infantis e enfrentam a neve - ao contrário da titia aqui - sem um pingo de frescura ou medo.
 Os instrutores-tios são ultra pacientes, brincam o tempo todo - a gente só ouve as gargalhadas da turminha.
 Tem espaço e turma certa pra todo mundo...
... dos que parece que nasceram com os skis acoplados aos pezinhos...
 ... aos que ainda, literalmente, patinam bastante.
 Várias aulas em grupo terminam com um copitcho de chocolate quente no Ski Box, com a turminha fofocando tipo gente grande.
 E dá-lhe fashion&style nas mini-pistas, não? ;-)

 Os instrutores recomendam que, se os pais têm medo ou são muito inexperientes em ski, não saiam às pistas junto com os filhos, para não "contaminá-los". Em turminhas, eles caminham e se deslocam pela neve com uma desenvoltura impressionante, inclusive brasileirinhos que conheci por lá e estavam tendo o primeiro contato com os skis.
 Mas ver os pais que já têm intimidade com o esporte descendo as pistas com suas crias é uma fofura só, total sintonia.

 Essas ferinhas vão longe!
Não vão? ;-))))

Nenhum comentário: