22 de ago de 2011

Passeio de raquete na neve: eu fui

Olha aí as raquetes! (em foto gentilmente surrupiada do meu amigo Alberto)
Apesar do looooongo tempo que temos passado ao redor de maravilhosas mesas desde que essa viagem começou, o bom de estar em Valle Nevado é que aqui queimamos, ao menos, um pouquinho de calorias ;-)
E a novidade de hoje foi topar o passeio com raquetes na neve.
No começo eu não tava curtindo, não, aquela história de encarar subida na neve. Claro, o ski, por mais iniciante que a gente seja, é muito mais animado e emocionante. Mas a trilha com raquetes é um passeio interessante pra quem ainda não tem nenhuma ou pouca intimidade com a neve - você encaixa os pés (em botas bem confortáveis, do tipo de snowboard) em raquetes dentadas na base, pra, literalmente, agarrarem na neve, dando estabilidade total. Impossível dar xabu. É tão eficiente que até eu, que sempre tenho meio pânico nas descidas, encarei super super bem a volta :-))))))))
Uma das paradinhas na caminhada pra respirar, ouvir as explicações do guia sobre a região e, claro, fotografar mucho

A cordilheira todinha nevada, com direito a céu azul em estilo wow e os teleféricos minusculos láááááá embaixo
A subida é puxada, ainda mais com o ar rarefeito da altitude do resort - mas cada parada pra respirar compensa, com o visual impressionante de estar em meio à cordilheira, rodeada de montanhas e neve por todo canto. No fundo, é uma baita ideia de um passeio pra quem curte fotografar: as imagens ficam incríveis e, como o passeio é light, dá pra pedir pro guia parar várias vezes, fotografando vários ângulos não só da cordilheira como dos esquiadores que passam zunindo aqui e ali.

Nenhum comentário: