12 de jan de 2012

O que levar na mala de mão?

Para terminar essa série sobre bagagens aqui no Pelo Mundo, ainda falta falar sobre mala de mão. Na breve twittenquete que eu fiz sobre roupa para viagem (lembram?) achei graça que várias pessoas comentaram que simplesmente odiavam mala de mão e nunca levavam nada.
Bom, gostar de mala de mão eu também não gosto; adoraria viajar simplesmente com os documentos no bolso. Mas não consigo: meus equipamentos (câmeras, lentes, computador,cabos etc) sempre vão comigo, na mão. E junto com outras várias coisitas que quero usar nos voos longos, de mini hidratante a lip balm, ou que posso precisar, como remédios.
O que NÃO se leva na mala de mão, vocês já estão carecas de saber, certo? NÃO PODE nada cortante ou pontiagudo nem líquidos em embalagens com capacidades superiores a 100ml cada.
Mas o que é que se DEVE levar na mala de mão? É claro que ninguém é obrigado a levar bagagem de mão consigo; é absolutamente opcional. Ainda assim, eu aconselho fortemente que você leve sempre consigo, seja avião, ônibus, trem ou whatever, tudo que é importante pra você. Sim, o que é importante para cada pessoa varia mesmo, não há uma regra. Mas tudo que tem grande valor econômico, sentimental ou médico, tem que ir com a gente sim.
Levar consigo o notebook e despachar o cabo? Nunca entendi. Meus cabos e carregadores vão todos comigo, na mão, numa mini necessaire. Despachar o remédio pra alergias? Absolutamente sem sentido. Conheço gente que já se deu bem mal por comer essa bolona. Se a pessoa sofre de alergia (ou qualquer outro problema crônico de saúde, bien compris) tem que levar os medicamentos consigo, óbvio; porque uma alergia ou arritmia podem acontecer a qualquer momento, inclusive durante o deslocamento.
Então, recapitulando: acho que jóias, eletrônicos, remédios e itens de primeira necessidade devem sempre ir como bagagem de mão, bem “à mão” do passageiro a qualquer momento, junto com dinheiro e documentos pessoais. Por mais chato que seja carregar um volume pelo aeroporto e cuidar dele durante o deslocamento, ainda acho que os fins justificam os meios ;-)
E IMPORTANTÍSSIMO (tks, suas lindas leitoras!): uma muda de roupa. Sempre. Nem que seja só uma troca de roupa íntima. Só quem já teve mala extraviada pelo menos uma vez sabe como é ESSENCIAL levar uma troquinha de roupa consigo, para uma emergência. No meu caso, me salvou a vida em vários casos.
E você, leva bagagem de mão? E o que não abre mão de levar nela?

15 comentários:

eveliny disse...

Como eu tive a mala roubada e fiquei literalmente sem nada pra vestir em um pais onde nao era facil sair pra fazer umas comprinhas, agora levo na mala de mão pelo menos uma troca completa. Uma ziplock com remedinhos tb, principalmente o de dormir pois sem ele nao sou nada.

KARLA disse...

Eu, se deixar, nem despacho mala! Adoro uma mala de mão! Com ela tenho a certeza de que minhas coisas chegarão comigo sãs e salvas, sem que eu passe 11h num voo pra Paris e tenha a desagradável surpresa de chegar no aeroporto e a mala ter ido parar em Hong Kong! Adoro mala de mão! Acho indispensável e levo nela praticamente TUDO o que eu preciso! Menos aqueles líquidos grandes ou livros pesados (mas esse são só na volta), no mais, na mala de mão vai tudo que eu gosto. E na volta, trago TODAS as lembrancinhas nela pq se a mala extraviar, pelo menos minha viagem está salva, só perco roupas....
beijo gde
Karla Gê

Wanessa disse...

Levo bagagem de mão com o mesmo conteúdo da sua, mas acrescento uma muda de roupa (vai que a mala principal não chega!).
O meu principal dilema com a bagagem de mão é a "mala" em si. Em geral, eu levo uma mochila, porque deixa as mãos livres, além de poder ser acomodada dentro da mala principal em viagens de trem, situação em que não vejo necessidade da bagagem de mão. Mas, apesar de apreciar as vantagens da mochila, às vezes ela fica pesada, e eu morro de inveja daquele pessoal que leva uma malinha pequena de rodinha (só que essa não vai caber dentro da mala principal...).

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

Meninas, vcs estão COBERTAS de razão! Ficou faltando um paragrafo todinho quando eu passei o texto pro blogger, e era justamente falando da mudinha de roupa - na minha opinião, ESSENCIAL numa mala de mão. Tks!

Cris Guimarães disse...

Eu sou adepta da mala de mão. Não consigo ficar sem. Remédios, máquina fotográfica, smartphone, note, itens de higiene, toalha de rosto, muda de roupa... Nunca ocorreu nenhum imprevisto, mas se ocorrer estou minimamente equipada :)

Marcie disse...

Minha mala de mão é minha vida! Computador, aicoisas, cabos para as aicoisas, máquina fotográfica. Muda de calcinha, blusa e meia. Documentos.
Quando viajo sem despachar, acrescento os modelitos...

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

hahaha me identifiquei muito com o "aicoisas e cabos para os aicoisas" :-))))

Sylvia Lemos disse...

Levo TUDO que preciso pra sobreviver na sacola de mão;mas confesso que ando pensando seriamente em despachar , ao menos na ida.
Na volta costumo carregar na mao todas as must-must tralhas adquiridas.

Maria Helena disse...

Mala de mão é imprescíndível, sim!!!No meu caso, mochila! Normalmente , quando vou à Europa, fico 3 semanas ou mais. Mas, só me permito levar uma mala média, minha mochila e minha bolsa, rigorosamente.A mochila é confortável porque deixa as mãos livres e nela levo todos os ítens que vocês citaram,inclusive roupas para trocar em caso de extravio de malas!

Maria Helena disse...

Mala de mão é imprescindível, sim!!!Quando viajo, seja para onde for,levo uma mala média, minha mochila e minha bolsa.Uso mochila porque deixa as mãos livres e torna mais fácil a locomoção. Ali cabem todos os ítens que vocês citaram, inclusive as roupas necessárias no caso de extravio de mala!

Fred disse...

Sem dúvida a troca de roupa é imprescindível, até porque vire e mexe tem gente derrubando café, chá, vinho na roupa do passageiro, não é?

Documentos todos comprovando que a intenção não é permanecer definitivamente no país a ser visitado também DEVEM ser levados na bagagem de mão, bien sur.

Abs.

Fred disse...

Desculpem se fujo do tema, mas é bom lembrar que embora haja cia. aérea flexível com isso ("pode levar tudo o que você conseguir carregar"), a bagagem de mão deve ser em tamanho compatível nosso espaço, não incomodando os demais passageiros.

Já subi no fim do embarque e qual não foi a minha surpresa ao ver que o MEU espaço estava entopetado de tralha alheia.

Também é bom tirar a mochila das costas em espaços pequenos (como corredor de avião), pois ô coisa chata quem passa deixando sua marca.

Abs.

Aldina disse...

Apesar de nunca ter tido nenhum stress com malas extraviadas levo sempre uma mala de mão com os itens essenciais já aqui comentados. Na mala de mão levo ainda metade da roupa interior (imprescindivel e passar as férias a lavar roupa é muito ruim!) e uma roupa de dormir (roupa de conforto), posso ter um dia mau e ficar sem a mala mas a noite tem que ser bem dormida para aproveitar o resto da viagem!
As maquinetas, cabos e afins ficam para a mala de mão do maridão! :)

yara xavier disse...

Eu tenho uma bolsa bem grande de neoprene. Dobrada, fica quase nada. Não viajo sem ela na mão. Vai muda de roupa, caixa das lentes de contato, colírio, remédio, vai tudo que eu preciso para passar um dia ou dois caso a mala principal desapareça por ai.

CarlaZ disse...

Uso sempre mochila como mala de mão, uma vez levei essas de rodinha e só me enrolei! Mas tem o problema do peso sim. Não dá pra zanzar pelo aeroporto.
O principal é o que chamo de entretenimento pessoal de bordo, meu netbook (cabos etc) , alguma revista e meus livros. Como não durmo preciso de distração por muitas horas.
Levo uma muda de roupa, na verdade levo o tanto de roupa que puder! Já fiquei 3 dias só com o que tinha na minha mala de mão numa ocasião que minha mala não chegou. Tinha até all star!
Quando faço várias bases e fico em algumas cidades só pouquinhos dias já faço a malinha pra esses dias adiantada e tento não abrir a mala principal.