22 de fev de 2012

Você cuida das suas milhas?

Essa semana mesmo eu contei como tinha sido meu voo em classe executiva pela SAA, emitido com milhas do TAM Fidelidade. E reafirmei minha máxima absoluta em se tratando de milhas: milha boa é milha gasta. Cada compra que eu faço com meu cartão de crédito - e eu tento usar o dito cujo para pagar praticamente TUDO - tem um único objetivo: juntar milhas.
Por isso mesmo, eu simplesmente não me conformo com o levantamento feito pelo Banco Central e divulgado semana passada que diz que os brasileiros perderam mais de 101 BILHÕES de pontos em programas de recompensa dos cartões de crédito no ano de 2010. 101 bilhões de pontos. Uma quantia que, na média, seria suficiente para emitir pelo menos 5 MILHÕES de passagens aéreas em classe econômica entre o Brasil e qualquer destino da América do Sul - pra dizer o mínimo.
Ok, se você não é um viajante fanático, você não precisa necessariamente transformar seus pontos em milhas. Mas você pode, sei lá, resgatar esses pontos em assinaturas de jornais e revistas, cafeteiras, bicicletas, whatever. São seus. Você, de uma maneira, paga por todos eles quando usa seu cartão de crédito.
Por que perderam? Não tem como saber a causa individual, é claro; mas acredita-se que muitos clientes estejam perdendo esses BILHÕES de pontos simplesmente por não terem informação sobre seus programas de benefícios.
Eu tenho pleno controle de quantas milhas ou pontos eu possue em cada programa de fidelidade de companhia aérea do qual sou afiliada e de quantos pontos tenho no meu programa de recompensas do cartão de crédito. Tintim por tintim. Então eu deixo esse post aqui mais como um alerta para, se você ainda não estiver ligado nisso, checar agorinha, já, nesse minuto, quantos pontinhos você tem e como funciona, na prática, o programa de recompensas do seu cartão de crédito.
Por favor, cuide bem das suas milhas, cuide bem dos seus pontos. Faça bom uso deles. Ou, pelo menos, doe seus pontinhos para quem vai saber fazer ótimo uso deles - afinal, viajante inveterado nessa blogosfera é que não falta ;-))))

7 comentários:

Carla disse...

Eu tô aceitando a doação desses 1bilhão de pontos perdidos :) :)

Renata disse...

e viajar de milha é até mais gostoso, né não? eu adoro a sensação de não ter usado metade do meu orçamento da viagem só na passagem!

Carmem Silvia disse...

Eu também cuido dos meus pontos e milhas como cuido da minha conta bancária. Transformo todos os pontos em milhas e uso assim que possível. Só esse ano, já fui à Itália e vou a Buenos Aires com as "lindinhas".

Marta disse...

Nossa ! Eh muita milha perdida ! Como vc faz para cuidar das suas ? usa algum aplicativo, planilha, sei la ?

Cristina (VnV) disse...

Mari, eu tenho uma teoria. São pessoas que tem cartão que dá pontos, mas não tem dinheiro para pagar pelas coisas do lugar onde vão gastar as milhas. Eu cuido muito das minhas mas tenho um limitador - só 30 dias de férias por ano e um marido que é PJ, não dá para planejar muito antes. Fico feliz de pagar 1, usar milhas na seguinte, e assim 1 vez por ao eu limpo os pontos do cartão rsrs

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

Cris, eu já acho que não. É gente que gasta muito no cartão, mas curte mais é pegar uma prainha nas férias. Ou gasta muito mas não tem o menor controle de quantos pontos tem e quando vencem - tenho amigos nesse roll.
Marta, eu simplesmente confiro todo mês, quando vem o extrato, quantos pontos eu tenho em cada programa.

Gustavo Neves disse...

Caramba! Todo mês eu confiro meu saldo de pontos no cartão de crédito e no Smiles, eu ainda vou me dar bem com meus pontinhos hehehe... Pago TUDO com cartão! De grão em grão eu arrumo umas férias 0800!!
Abraços!
Gustavo (@BlogCheckIn)