26 de abr de 2012

Promo Querido+Sozinha Mundo Afora: ainda dá tempo

Pausinha nos relatos parisienses que o mundo já rodou e eu já voei pra Argentina :-D Tô feliz e contente em Buenos Aires, devidamente instalada no sempre adorável Hotel Querido. E aproveito para lembrar quem tem viagem marcada pra lá ou quer aproveitar essas ótimas promos de voos que andam rolando nos finais de semana que ainda dá para aproveitar a promo-fofa do Querido para as solo travelers brasileiras


Pra quem não lembra, eu refresco a memória: as leitoras (sorry, boys, mas é just for girls :-P) do meu último livro, o Sozinha Mundo Afora, ganham nada mais, nada menos, que 15% de desconto - assim, na lata - ao se hospedarem sozinhas por pelo menos duas noites no Querido em maio desse ano, a contar a partir do dia 3. Isso mesmo. Sem sorteio, sem pegadinhas, sem nada. 15% de desconto e ponto final, pra sobrar mais dindim pra você gastar com alfajores, empanadas e outras delícias argentinas, sejam elas gastronômicas ou não ;-)


Vale lembrar que maio é um excelente mês pra curtir a cidade, com o friozinho característico do outono portenho e a programação cultural da cidade bombando.  


Bora? ;-)

10 comentários:

Aline Souza disse...

Eitaaa, queria tanto aproveitar. *.*
Entre uma viagem e outra, ê programação e juntar grana, viu. rsrs

Na próxima, se tiver promo, vou aproveitar. (:

www.entreembarques.com.br

Juh Teodoro disse...

aaaai, eu vou pra Buenos Aires! (aliás, vi seu blog no blog da dona do Querido). Vou comprar esse livro certeza! Primeira vez totalmente sola em toda minha vida! :)

Juh Teodoro disse...

aaaai, eu vou pra Buenos Aires! (aliás, vi seu blog no blog da dona do Querido). Vou comprar esse livro certeza! Primeira vez totalmente sola em toda minha vida! :)

Marjorie disse...

Oi Mari!

Li recentemente seu livro "Sozinha Mundo Afora" (e adorei!) porque pretendo viajar em setembro pra Europa, e como não achei companhia pra isso, vou sozinha mesmo. Aliás, acho que até prefiro. Tenho boas amigas mas não sei se dariam boas parceiras de viagem. Além do que, tô querendo um tempo só pra mim, e fazer o que der na telha.

De início me identifiquei imediatamente com a idéia do livro: de viajar sozinha! Gosto de fazer meus horários, ter minha liberdade, sem ter que obedecer os horários e roteiros rígidos de uma excursão. Também não sei como seria o grupo, se teriam pessoas com quem eu me identificasse. O problema é que essa será minha primeira viagem internacional, não tenho experiência nenhuma. É aqui que gostaria muito de sua ajuda, um conselho ou opinião. Estou bastante indecisa se devo fazer essa viagem sozinha (como gostaria) ou numa excursão (por ser minha primeira viagem).

O roteiro ainda não tá fechado, mas com certeza Paris é o que vem em 1º lugar, não abro mão. Indo sozinha, deixaria uns 5 a 6 dias pra conhecê-la, mas nas excursões só tenho achado roteiros de no máximo 3 dias, o que acho super pouco. Só o Louvre leva mais de um dia, não é isso? E o que eu bem quero é andar, curtir, admirar tudo sem pressa. Se eu pudesse fazer meu próprio roteiro, eu faria Paris, Amsterdam e Berlim e dava um jeito de ir na Polônia conhecer Auschiwitz. Eu adoro tudo ligado à 2ª Guerra, esse portanto seria meu roteiro ideal, mas que operadora tem isso? Não achei! E como eu poderia organizar tudo por aqui (hotéis, traslados, passagens, entradas de museus, etc) sozinha? Já li blogs, dicas e comentários de leitores mas acabei ficando perdida com tanta informação, sem saber por onde começar. Nos roteiros que tenho achado em excursões, aparecem muito Portugal (que não tenho vontade de conhecer) e principalmente Londres (que não é minha prioridade agora). Trocaria fácil os dias em Londres por mais dias em Paris. Já pensei também em viajar sozinha e ir só pra Paris, porque assim toda a organização da viagem ficaria mais fácil pra mim. Mas ir pra Europa e conhecer só 1 lugar? Parece desperdício de passagem e tempo, não é?

Quando te falei do receio de viajar sozinha pela primeira vez, não é de maneira nenhuma pela segurança ou solidão. É basicamente pelos macetes e experiências de viagem que ainda não tenho.

Marjorie disse...

Continuação:Quando te falei do receio de viajar sozinha pela primeira vez, não é de maneira nenhuma pela segurança ou solidão. É basicamente pelos macetes e experiências de viagem que ainda não tenho.

Outra coisa, falo bem o Inglês. Não sou 100% fluente, mas me comunico bem. Isso me ajudaria muito na viagem, eu sei, mas em Paris dizem que é mais complicado se você não fala Francês. O receio que tenho (também fora de Paris) é na hora que precisar me informar sobre como chegar em tal lugar, onde fica o metrô mais perto, nos deslocamentos entre as cidades, etc. Eu tive dificuldade também em montar um roteiro por cidade, sozinha. Saber por exemplo, quantas horas levaria pra visitar e me deslocar pra cada ponto, e assim poder saber o que daria pra ver num dia.

Por sinal, aconteceu aquilo que você fala no livro: aquelas pessoas que vão dizer que somos doidas de ir sozinhas. No meu caso foi pior, porque minha mãe tá pra botar um ovo com essa história! Diz que vou ficar "perdida" sozinha por aí nesse mundo... Por ela, eu vou de excursão e numa onde o grupo saia daqui de salvador (onde moro) já com um guia da própria operadora! Isso porque nas outras excursões eu iria encontrar com um guia só no local de chegada, não é isso? Assim, a probabilidade de ter um grupo com muitas pessoas de vários países, é grande. Saindo daqui, eu já sairia enturmada e falando português (ou melhor, baianês). De outros já ouvi apoio à excursão (a maioria) e apoio pra ir sozinha (uma pessoa só).

Enfim, desculpa ter escrito tanto, mas tô bem agoniada precisando me resolver (pra piorar, sou uma pessoa bem indecisa) pra poder começar a preparar a viagem, porque setembro já tá aí, e eu não tenho nada preparado ainda, só o passaporte. Então, Mari? Vc poderia por favor, me ajudar e opinar ou me aconselhar, de acordo com sua experiência e sua sensibilidade? Vou sozinha ou dessa vez vou de excursão? Se for de excursão, é importante mesmo ir com um grupo/guia saindo daqui?

Parabéns pelo livro e por todas as lindas viagens que vc tem feito! Espero que essa possa ser a minha primeira viagem, de muitas. Tô precisando dar uma boa sacudida em minha vida, e acredito que a melhor maneira de começar, é por essa essa experiência única que é viajar.
Beijo :)

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

Oi, Marjorie! Q bacana saber q vc curtiu o livro e esta empolgada com sua viagem! Se vc quer mesmo, como disse, fazer seu proporio horario e seu proprio itinerario, recomendo q vc va mesmo sozinha. 5 ou 6 dias em Paris estao de bom tamanho para comecar e sempre recomendo pelo menos 4 dias inteiros nas outras grandes cidades. Da pra fazer tudo de maneira independente, sim: da pra comprar passagens de trem, entradas para museus e atracoes e ate tour para Auschwitz tudo na internet. Ou vc tambem pode deixar para comprar quando estiver la, eh claro! Se vc quer ter mais liberdade, sem horarios ja pre-determinados, talvez comprar la seja mesmo melhor. Ate porque vc nao vai conhecer TUDO nessa viagem, certo? Assim fica sempre um gostinho de quero mais, pra voltar dali um tempo ;-)

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

Por outro lado, se vc ficar de alguma maneira insegura, nao tem problema nenhum em entrar em uma excursao - se vc leu o blog, viu q eu acabei, literalmente, de voltar de uma. Mas dai tem q estar disposta a encarar todo o onus de um grupo: os atrasos, o itinerario q nao eh 100% o q vc queria etc. Ainda q, honestamente, se vc tem ingles fluente, nao vai ter absolutamente nenhum problema na comunicacao. E, olha so: particularmente, nao sou muito a favor de ir para muitos lugares em uma mesma viagem, nao. Eu sempre viajei para um ou, no maximo, dois paises europeus numa mesma viagem. Por experiencia propria, quanto mais tempo vc ficar num lugar, melhor conhece e mais aproveita; e quanto menos tempo gastar em deslocamentos e trocas de cidade/hotel, menos cansada e mais bem disposta fica :-)))

Marjorie disse...

Obrigada pela resposta, Mari!
Vou pesar os prós e contras pra ver o que vai ser melhor pra mim.
Valeu :)

Ju disse...

Oi Mari,
Gostaria de te fazer duas perguntas.
No início do seu livro vc fala que sua 1ª viagem solo foi pra pertinho (Buenos Aires), que era pra começar devagar. Por que essa é sua recomendação pra quem vai se aventurar numa 1ª viagem solo? Quem vai começar deve evitar a Europa, por exemplo, que é mais longe?
Vc também fala que teve o conforto de só viajar sozinha depois que já tinha viajado muito acompanhada. Vc quer dizer com isso que as experiências anteriores em viagens, ajudam muito? Falo isso, porque tenho vontade de começar a viajar sozinha, mas ao contrário de você, não tenho experiência em viagens internacionais. Só aos 15 anos na Disney, acho que nem conta né?
Bjo

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

Ju, esse depoimento inicial nao eh nenhum tipo de "dica"; so estou contando minha historia. comentei q pra mim foi muito facil viajar sozinha pela primeira vez porque eu ja tinha bastante experiencia anterior em viagem - inclusive para Buenos Aires. mas acho Europa um excelente destino para viaagens solo, seja a primeira ou a enesima ;-)