3 de jul de 2012

Vence e a Capela do Matisse

Uma pinturinha discretinha (by Matisse, of coursemente) sinaliza por fora a entradinha para a Capela
Vence não é uma das princesinhas da riviera francesa, não; a grande vedete dessa cidade está no povoado construído bem no topo de uma de suas montanhas, Saint Paul de Vence, simplesmente adorável. Mas todo mundo que vai ver Saint Paul passa por Vence pelo menos por um motivo: dar uma olhadinha na "capela do Matisse", que é como a Capela do Rosário pintada por ele entre 1948 e 1951 ficou conhecida.
 A visita à capela, bem pequenininha, é emocionante, acho que não importa a fé, pela própria maneira como é conduzida: uma das irmãs da congregação hoje responsável por ela recebe os visitantes de hora em hora e conta a história do local - Matisse quis "decorar" essa capela (construída pelos dominicanos) como um agradecimento à freira que tinha cuidado tão bem dele nos seus piores dias (até então). 
 A capela é toda muito simples, e ali ninguém pode falar ou fotografar; ficamos todos sentadinhos só ouvindo, enquanto ela nos "explicou" cada uma das paredes (cobertas de pintura sacra, inclusive uma genial e simplérrima via crucis) e nos mostrou a sensacional pintura feita nos vitrais, que deixa a luz amarela "atravessar" o corpo humano, uma ideia proposital de Matisse para deixar o local ainda mais mítico.
Reprodução cibernética de um dos cartões postais vendidos aqui...
... e de outro aqui
Na saída, há uma exposição com fotos de Matisse em plena execução da obra e também de imagens e objetos sacros. E, claro, uma lojinha onde todo mundo compra os postais com imagens da capela, já que as fotos não são permitidas :-D 

Nenhum comentário: