30 de ago de 2012

A prateleira de sonhos, os guias e as viagens customizadas

Uma instagramada num tequinho da minha prateleira de sonhos
É cada vez mais frequente encontrarmos viajantes que já rodaram boa parte do planeta e estão querendo agora ir para novos lugares menos convencionais (ou mais exóticos, se você preferir) ou revisitar lugares que já conhecem mas sob outra ótica, com outro propósito. Viajantes que, como já comentei várias vezes por aqui, buscam experiências de verdade e não simplesmente ticar destinos de sua wish list turística. 
Hoje, num post do Gabe Britto, comentei que tenho em casa uma "prateleira dos sonhos" na minha estante, onde ficam guardados guias sobre destinos que quero muito conhecer mas para os quais ainda não viajei, que estão ali só esperando oportunidade (ou conjunção perfeita astronômica, de repente :P ) para ganhar estrada.  Guias que fui comprando ao acaso, ao dar de cara com eles em livrarias ou sebos por aí, sobretudo no exterior, para instigar ainda mais essa vontade de viajar e ir sonhando com esses destinos enquanto não chego a eles de fato (como bem diz o Gabe, a maioria dos guias sobre destinos menos convencionais está mesmo em inglês).
E então lembrei que foi inaugurada por esses dias a Escape Travel Design, uma agência que tem exatamente esse foco:  oferecer roteiros mais customizados, pensados em tipos diferentes de viajantes. Recebi release deles, espiei no site e achei a proposta bem legal, sobretudo por incluir destinos diferentões, sobre os quais a gente nem sempre encontra informação suficiente para ir sozinho, de maneira independente,  nuns roteiros menos óbviosTem viagens a lugares como Índia, Botsuana, Butão e China (que estão MUITO na minha wish list, btw) além de outros menos "exóticos", como Itália, França, Espanha, EUA, México, Argentina etc, sempre divididos por categorias de viagem (Aventura, Romance, Vinho, Esqui&Snowboard, Sensações e - oh-oh, ops -  Prazeres Glamurosos).  Acho que vale espiar.
Aliás, bora pro Butão ou pra Botsuana? :-)


5 comentários:

gabebritto disse...

Dizem que o norte do Iraque é seguro, que o pessoal lá quase nem sabe que o país está um caos. ;)

Paulo Torres disse...

Pra Botsuana eu já fui! :)
E tem até um Frommer's falando de lá (um capítulo inteiro no guia sobre África do Sul & Sul da África).

Carla disse...

Sou louca pra ir a Botsuana desde que li o primeiro livro da série The No.1 Ladies Detective Agency, do Alexander McCall Smith, uma série de livros policiais absolutamente deliciosa, que se passa justamente em Botsuana... Enquanto não rola, vou devorando os livros da série e sonhando com o Delta do Okavango, rsrsrs...

Camila Navarro disse...

Bora pro Butão! Morro de vontade!

CarlaZ disse...

To pegando dica de livro nesse post também...