23 de out de 2012

Uma manhã em Santa Cruz

Tivemos que "pular" um grupão de iguanas marinhas logo ao desembarcar - inclusive uma mamá gigantona :/
 A saga por Galápagos continua :)
Nessa segunda, o desembarque do La Pinta foi na Ilha de Santa Cruz, o verdadeiro "coração" de Galápagos, por ser a ilha mais turística e povoada. Ali visitamos o centro de pesquisa Charles Darwin, onde fica o centro de preservação das tartarugas gigantes do arquipélago - dizem que ali mesmo em Santa Cruz Darwin teria avistado os primeiros espécimes dos conterrâneos do (recentemente) falecido Solitário George (R.I.P.)
O guia nos explica sobre os curiosos cactos de Santa Cruz
 A visita é muito light, mas muito gostosa. A gente desembarca dos zodiac num pierzinho, a seco (vários desembarques nos passeios anteriores tinham sido "molhados", com a gente desembarcando com água nos joelhos), e a caminhada é uuuuultra light (só não foi mais light porque as muitas batidas de perna nas atividades de snorkelling dos dias anteriores estavam, enfim, fazendo efeito :D)


 O centro é organizadinho e a gente já entra lá com o nosso próprio guia do barco explicando tudo. Vimos como são fecundados alguns ovos de tartarugas ali mesmo e como é feito o controle dos demais, para garantir que não haja "mistura" de ilhas do arquipélago na reprodução das tartarugas, bem interessante.
como são identificadas as tartaruguitas...
... e as bebês de tartarugas gigantes <3 td="td">
O caminho é gostoso, cheio de passarelas como essa
 Depois visitamos o lugar onde costumava ficar George e também vimos o gigantesco Diego (chamado localmente de Super Diego), a única tartaruga ali "trazida de fora", de San Diego, na Califórnia - simplesmente impressionante - entre várias outras tartarugas de proporções impressionantes.
O "in memorian" do George
Uma das passageiras fotografa um dos "bichinhos"
E não é que elas fazem pose pra câmera? 
Aqui o "super Diego" de perfil...
... em close...
... e dando um alozinho pro Brasil :))))
 Eu já tinha visto essas tartarugas imensas em Santa Helena, no começo do ano, então o tamanho em si não me impressionou. Mas a quantidade de animais gigantes ali reunidas, isso sim é de impressionar ;)  E é legal também ver a vegetação ali - muito mais verde ali que em qualquer outro lugar de Galápagos que eu tenha ido - que inclui também diversos tipos diferentes de cactos.
Iguanas de todo tipo também estão por lá
E aqui um grupinho de tartarugas "adolescentes" na hora da siesta
Pra quem se hospeda na própria ilha de Santa Cruz, o centro fica bem pertinho de vários hotéis e pode ser visitado bem facilmente, todos os dias.

Nenhum comentário: