8 de nov de 2012

Highlands – para quando você for


Para quem planeja visitar as Highlands na Escócia, aqui vão uns lembretezinhos finais para facilitar sua viagem:
- a melhor “base” para explorar as Highlands, na minha opinião, é Inverness. O acesso desde Edimburgo é muito fácil e a cidade, além de gracinha, tem muitas opções de hospedagem e alimentação, além de vida noturna animadinha e comércio bem servido (tem de Primark a algumas big brands)
- alugar um carro para fazer essa viagem é altamente recomendável: as estradas são muito boas e muito cênicas o ano inteiro.  Apesar da insegurança de dirigir na mão inglesa e tal, o carro nos dá a maravilhosa liberdade de poder ir parando nas cidadezinhas menores e mirantes ao longo das estradas.
- quem não quer alugar carro também faz o trajeto Edimburgo-Inverness super bem e tranquilo em trem; são 3 horas e meia de viagem com belíssimas paisagens na janela.

- quem aluga carro pode fazer a viagem pela A9 (a mais curta, com cerca de 3h30, mas menos cênica) e  a A82 (beeeeeem mais longa, com quase 6h de viagem e montes de castelos e lagos - incluindo o Ness, é claro - no roteiro). Quem chega e sai por Edimburgo manda muito bem indo por uma e voltando por outra. Fiz e recomendo.
- quem for fazer a Whisky Trail e beber nas degustações não deve dirigir, obviamente. É tão proibido e perigoso como aqui.  Diversas agências e receptivos fazem esse tour diariamente a partir de Inverness; dá pra comprar na recepção do hotel. Quem não bebe o destilado (como eu) pode fazer um belo tour (incluindo o gratuito na Glenfiddich, que eu conto aqui) e desfrutar também das belas paisagens do caminho ( há destilarias na A95 e outras na A96 e A940, mas é tudo muito bem sinalizado ao longo de toda rota).
- quer alguém para dirigir por você nas sinuosas estradas das Highlands? O brasileiro Paulo e sua adorável esposa escocesa Diane, que também fala português fluentemente, trabalham o ano todinho com isso, em private tours (para orçamentos e info, email para seescotland@freeuk.com)

E, para terminar a série de posts sobre a viagem (ao menos por enquanto :D), deixo aqui registrada a canção que virou uma espécie de hino para os escoceses recentemente e que marcou muito meu iPod durante a viagem ;)

2 comentários:

Tony disse...

Querida,
Uma dica mais de quem morou 5 anos na Escócia e visitou as Highlands 30 vezes.
O melhor mês para visitar a região, no meu entender, é junho. Os dias são intermináveis, tem sol até as 11 da noite. É temporada baixa. As chances de pegar tempo bom são as melhores do ano (tempo bom em termos escoceses).
Em julho e agosto a quantidade de carros alugados circulando pelas Terras Altas é tão grande que as single-track roads tão caraterísticas das Highlands (só passa um carro de cada vez) viram um autêntico pé no saco. Você fica muito tempo parado aguardando que o carro da frente avance.
O inverno tem também seu charme, especialmente se vc consigue pegar as Highlands nevadas, mas em dezembro escurece por volta das 15:30.
Meu cantinho favorito das Highlands? A Isle of Skye, absolutamente incrível e recomendável. No caminho vc pasa pelo famoso Eilean Donan Castle.
Obrigado pelas fantásticas lembranças trazidas pelos teus textos. Bjs.

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

Excelentes comentários, Tony! Os dias muito longos pré-temporada alta de verão devem ser mesmo fenomenais, não? Quero muito voltar nessa época também. Delícia sempre ter seus comments por aqui :)