2 de jan de 2013

Hotel review: Hotel de Rome, Roma

Era sair do hotel, virar à esquerda e dar de cara com o Coliseu (5 minutos de caminhada para chegar até ele): isso valeu 
Quando reservamos os nossos quartos (um duplo e um triplo) no Hotel de Rome para o feriadão de 15 a 20 de novembro do ano passado pelo booking.com, parecia mesmo um achado: boas reviews no Trip Advisor; localização perfeitinha em Monti, o novo bairro "da moda" em Roma (por causa do filme do Woody Allen), a duas quadras do metrô Colosseo e do próprio Coliseu; internet e café incluídos; e a promessa de tomar o café da manhã num terraço com vista para o Fóro Romano. E o preço ainda era ótimo: 615 euros por 5 noites no triplo e menos de 500 no duplo.
Quarto duplo com as duas camas grudadinhas, só é legal se você está em casal (o que não era nosso caso) 
 A estadia não foi de fato ruim, mas bem frustrante. Ao chegarmos, o quarto triplo não tinha nada a ver com o triplo que mostravam na internet: era um duplo bem pequeno e abafadíssimo, sem janela (só com uma baywindow), com uma terceira cama enfiada entre a cama de casal e os armários. E um banheiro pequeno e sem box.
O quarto triplo que recebemos no segundo dia: esse, sim, espaçoso como o site prometia 
 Reclamamos bem e no segundo dia, aí sim, nos deram o quarto triplo que tinhamos visto no site, com um quartinho com duas camas, uma saleta com a terceira cama (um sofá cama, na verdade), banheiro com box e uma bela varanda, quarto bem bom mesmo como tinhamos visto no ato da reserva no site. E ar condicionado funcinando, ufa. Já o outro duplo acabou ficando o pequeno e abafado mesmo, sem box.
A terceira cama era um sofá cama 
 O café da manhã era bem simples mas tinha, ufa, capuccino de verdade :D  Era servido, sim, num terraço no último andar. mas a vista para o Fóro Romano só era possível se vc tomasse o café em pé, espremido numa das pontas do edifício :S
Banheiro, pelo menos, novinho em folha
O serviço da recepção era bem básico e a internet também não era lá essas coisas: funcionava melhor à noite e, ainda assim, com alguma intermitência. A localização, sim, era mesmo ótima como previmos; tanto que saímos à noite para jantar à pé nos restaurantes que tinhamos listado pelo bairro (indicados na matéria do Bruno Agostini) e também zanzamos um dos dias inteirinho pela cidade fazendo absolutamente tudo a pé.  E tinham um jardim interno fofíssimo, infelizmente subaproveitado - seria um lugar divino para o café da manhã ser servido, por exemplo.
Os armário não tinham portas mas até eram fartos de espaço 
O site e os consolidadores vendem o hotel como um hotel boutique, por isso resolvemos nos hospedar lá; minha birra é que, de boutique, o hotel não tem nada.
Em princípio, não me hospedaria de novo lá; mas, no fim, 600 por cabeça por 5 noites de hotel em Roma teve mesmo um custoXbenefício bem razoável.


Para saber como ir do aeroporto para o hotel em Roma gastando pouquinho, clique aqui.

Nenhum comentário: