2 de jul de 2013

Bal Harbour: a Miami mais descolada

 Aproveitei o fato de não conseguir bons voos para uma viagem de última hora ao Alasca para fazer da minha parada forçada em Miami (na ida) algo diferente. Após já ter me hospedado em South Beach, Biscayne Bay e Downtown Miami em visitas anteriores, fui, enfim, conhecer a fundo o distrito mais hypado dessa região da Flórida: Bal Harbour.
Bal Harbour Shops: o shopping mais bem-sucedido do mundo em faturamentoXmetro quadrado
 Bal Harbour não para de atrair os holofotes, sobretudo quando o assunto é consumo (a Chanel Concept Store dos EUA, considerada a mais inovadora loja da marca em todo o mundo, acaba de ser inaugurada ali, por exemplo). E, inclusive por isso, a cidadezinha distante de Miami Beach meros 15 minutos de carro anda sendo literalmente invadida pelos brasileiros: somos não apenas um dos maiores públicos dos principais hotéis dali como também já somos os maiores compradores de flats, apartamentos e residências por lá.  Destino de compras para fãs de marcas de luxo há muitos anos, Bal Harbour virou agora também um belo destino para comer muito bem, apreciar boa arte e hospedar-se com estilo.
Areia e água clarinhas, cabanas, yoga e pilates na praia
  São cerca de 2 km de areias bem branquinhas na faixa de praia praticamente privativa da “costa” de Bal Harbour e explorar o balneário, esteja o turista hospedado ali ou apenas visitando por um dia, é muito fácil:  as distâncias são sempre curtas e a caminhada pelas ruas e avenidas largas e arborizadas é sempre agradável. Snorkeling em Haulover Beach,  aulas de Pilates e Ioga by Nomi Pilates em plena areia, pista de corrida  de U$3 milhões e até golfe à beira-mar também aparecem na programação local.
O belíssimo hall do St Regis Bal Harbour
Além disso, há um serviço gratuito de shuttle ligando diversos hotéis em Miami Beach a Bal Harbour durante a semana, das 11 às 21h – um belo convite para quem quiser fazer compras no Bal Harbour Shops ou comer num dos ótimos restaurantes de Bal Harbour, por exemplo (outro serviço de shuttle, esse pago, liga Bal Harbour ao gigante shopping Aventura Mall, tão queridinho dos brasileiros).
As varandas mega relax que todos os quartos do St Regis Bal Harbour têm
 Além das compras, que sempre atraíram os brasileiros para lá (choquei ao saber que Bal Harbour Shops é o mais bem sucedido shopping center do mundo em volume de vendas por metro quadrado), a arte sempre foi um dos grandes pilares de Bal Harbour. Seu recém-lançado Festival Cultural Bal Harbour apresenta diferentes eventos  realizados semanalmente e exposições de artes plásticas também acontecem ao longo do ano na cidade - atualmente,  obras de Christy Gast estão expostas publicamente, incluindo uma escultura de fibra de vidro de 3 metros de altura metade enterrada pelas areias. 

A bela vista da baía de Bal Harbour
 Durante os meses do verão norte-americano rolarão sessões de cinema ao ar livre,  com direito a sofás de veludo e pipoca.  Quem se hospeda ali ganha um bônus: a partir deste mês de julho, hóspedes ganham um passe especial para visitar gratuitamente os principais museus e centros de arte de Miami.
Para entender a ligação Miami/Bal Harbour
Comidinha e ambiente deliciosos no Makoto
E como Bal Harbour também é boa no quesito gastronômico, vale dizer que gostei muito do que provei no ótimo JG Grill, do cultuado Jean-Georges Vongerichten e localizado dentro do (também ótimo e novinho) hotel St. RegisBal Harbour, e do japa modernoso Makoto, de Stephen Starr, dentro do Bal Harbour Shops. Na hora do café, gracinha o Lea´s Tea Room & Café e fofura o The Newsstand, dentro da igualmente fofa (e old school) livraria Books´n Books. 

Nenhum comentário: