19 de jun de 2007

BH inaugura era WiFi nas capitais brasileiras

Está confirmado: o projeto BH Digital vai mesmo levar Internet sem fio e gratuita aos principais pontos da cidade, inclusive famosos cartões-postais da capital mineira, como a Praça do Papa, o Parque Ecológico da Pampulha e o Parque das Mangabeiras. Muito em breve, os turistas em viagem por Belo Horizonte poderão mandar e receber notícias e pesquisar seus roteiros em praticamente todos os pontos turísitcos da cidade, gratuitamente. De acordo com a divulgação do programa, o serviço estará acessível para qualquer pessoa que estiver nesses locais com seu computador portátil, recebendo o sinal da prefeitura em seus próprios computadores.
Ainda será definido um número máximo de computadores que poderão ser conectados em cada local e o tempo limite de conexão para cada usuário. A estimativa do Ministério das Telecomunicações é que o BH Digital já esteja instalado nos pontos turísticos da cidade até o começo do segundo semestre. Até abril de 2008, todos os pontos de internet gratuita na cidade devem ser convertidos em pontos WiFi. O projeto teve início em 2005 e tem como objetivo cobrir 95% da área da cidade com internet sem fio e de alta velocidade.

5 comentários:

Rodrigo disse...

Puxa, se isso fosse frequente em tudo quanto é cidade, valia mesmo a pena viajar sempre com o note. Como ainda é muito difícil encontrar internet pública wifi (ainda mais no Brasil!), o note acaba sendo sempre um trastorno a mais na bagagem...

Rodrigo Purisch disse...

Mari,

Eu só não sei se vamos ter coragem de tirar um notebook na Praça do Papa ou na Pampulha....Melhor usar um celular com Wifi e bem escondido. O policiamento nesses locais é esporádico.

Porém, a iniciativa é louvável.

Mari Campos disse...

É, rodrigo Purisch, vc tem toda razão. A proposta é boa, mas a prática ainda estará longe de ser ideal...

Carla disse...

Concordo com o Rodrigo, Mari: em termos de Brasil, mesmo BH, vai ser difícil a gente criar coragem de abrir um notebook em praça pública... Mas a idéia é boa, ainda mais com o acesso fácil via celulares hj em dia.

Anônimo disse...

É... tem que ter coragem para abrir um note nestes locais. Na Praça do Papa além da gatunagem tem o pessoal que para o carro ali para se drogar. Falta policiamneto adequado para estes locais. O sexo à noite transforma o local num prostíbulo do Papa!