10 de jul de 2007

Que caos aéreo, que nada!

Enquanto a tv não pára de falar sobre "a crise nos aeroportos", o mercado aéreo brasileiro mostra um cenário bem diferente: a verdade é que o número de passageiros transportados dentro do país cresceu 13,2% no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. Curiosamente, no caso dos vôos internacionais realizados por empresas brasileiras, houve queda de 30,3% no período.
Só no mês de junho, o mercado aéreo cresceu 11,2% contra o mesmo mês do ano passado, segundo dados da Anac.
Com ou sem o alegado "caos", os aeroportos de Congonhas, em São Paulo, e de Benito Juárez, na Cidade do México, continuam liderando o tráfego aéreo na América Latina; considerando Congonhas e Guarulhos juntos, São Paulo é líder em número de vôos em toda a AL.
No cenário das empresas nacionais, a participação da Varig caiu vertigionosamente, ficando atrás até da BRA; a TAM mantém liderança enquanto a Gol perde participação de mercado. A TAM transportou também 65,9% dos passageiros internacionais que voaram por empresas brasileiras.

Um comentário:

Ju disse...

Acho que o alegado "caos aéreo" tem mais a ver justamente com isso: toda essa novela com os controladores de vôo, entrevista pro JN, entrevista pro Fantástico e tal... na verdade o setor cresceu muito no país e as companhias aéreas não estão é dando conta de tanta demanda, por isso tanto overbooking. E ponto pra economia, que cresce mais um pouquinho! :)