26 de ago de 2007

Grafiteiros brasileiros atacam na Escócia!

Calma, isso não é ruim, não; muito pelo contrário: um dos mais importantes castelos escoceses está sendo grafitado por artistas brasileiros. A dupla conhecida como OsGêmeos, mais os paulistanos Nina Pandolfo e Nunca estão no castelo histórico de Kelbrun, na pequena Ayrshire, para pintar toda a face que contorna o edifício mais antigo da Escócia.
O projeto, chamado Grafitti, tem por objetivo explorar novas idéias no mundo todo. Foi o conde de Galsgow, dono do castelo do século XIII, que pessoalmente topou a empreitada após ter sido obrigado a retirar uma camada externa de concreto que danificava as paredes. Seus filhos, David e Alice, dizem acreditar que esta forma de arte tão arrojada e marcante atraia a mídia e desperte o interesse do público sobre o castelo, unindo culturas totalmente diferentes.
A grafitagem começou no dia 12 de agosto e curiosamente contou com a ajuda de uma máquina de apanhar cerejas, usada como elevador para alcançar as torres do castelo. Por enquanto, são apenas rascunhos do que será o trabalho final idealizado pelo quarteto de brasileiros, que deverá permanecer no edifício até 2009, debatendo com turistas e apreciadores os conceitos de arte e vandalismo.OsGêmeos, como são conhecidos os irmãos Otávio e Gustavo Pandolfo, já têm tradição em trabalhos inovadores e polêmicos que rodam o mundo - como seus grafites das ruas de São Paulo trabalhos que viajaram para Europa e Nova York. Inspirador, não?

Um comentário:

Anônimo disse...

Ola Mari Campos,

Hola. Ya he regresado de mis "férias". He estado 15 días entre Alagoas y Pernambuco, el resto en una casa que tengo en el campo.
A mí me gustan Os Gemeos, pero la piedra de un castillo escocés ya es impresionante en sí misma sin necesidad de pintarla. Pero el arte tiene la "utilidad" de provocar la emoción, la duda, la reflexión y de plantearnos preguntas eternas.
Beijos.
Carmen