19 de ago de 2007

Seguro saúde - imprescindível para todo viajante

Seja para ficar uma semana, um mês ou para morar, não há como pensar em ir para outro país sem estar munido de um bom seguro saúde. Não só pela comodidade e segurança, mas porque também uma simples dor de dente em euros pode minar seu orçamento por completo. Quem tem passaporte europeu e vai para o velho mundo, viaja mais tranqüilo; mas ainda assim não há nada de mau em comprar um seguro por garantia, já que o atendimento público não é lá essas coisas em quase nenhum lugar do planeta.
Se você comprar sua passagem com o cartão de crédito – o que provavelmente você fará – dependendo do tipo do seu cartão você pode ser beneficiado com um seguro imbutido (sobretudo nas versões Gold e Platinum). Se não é esse o seu caso, invista num seguro e não reclame – pode parecer dinheiro jogado fora (e tomara que seja mesmo, já que ninguém quer que incidentes atrapalhem sua viagem) mas certamente será uma das menores despesas das suas férias. Os mais comuns são o ISIS (para estudantes e não estudantes, e um dos mais facilmente aceitos no mundo inteiro), Travel Ace, Assist Card e MIC. Você compra facilmente qualquer um deles numa agência de viagens.
Quem viaja para a Europa, precisa de um seguro saúde de pelo menos 30 mil euros de cobertura. É difícil acontecer, mas o seguro pode ser solicitado pela imigração quando você estiver entrando no país. Quem viaja grávida ou pretende praticar esportes (como ski, por exemplo) deve solicitar o seguro específico para o seu perfil, para não ter surpresas – muitos seguros comuns não oferecem cobertura nestas situações.
Se o seu destino é Espanha, Grécia, Itália, Luxemburgo ou Portugal, mesmo que pretenda morar ou passar uns bons meses por lá, tem uma boa notícia: o CDAM (Certificado de Direito de Assistência Médica) oferece assistência médica gratuita para quem já teve carteira assinada no Brasil. É só entrar no site www.sna.saude.gov.br/cdam e seguir todos os passos indicados.

4 comentários:

patsy disse...

Eu sempre viajo com o Assist Card.

E compro passagem no cartao, mas como saber se o cartao oferece o seguro, sera que tem que ligar?

ana carolina disse...

Patsy:
O meu é Visa Platinum e, comprando as passagens com ele (para o titular e familiares próximos), o seguro é automático (liguei lá).
No site do cartão está especificado o que é incluído no seguro.

Anônimo disse...

Quando viajei para europa, fiz meu seguro pelo site do Duttyfreeshopping. Foi bem mais em conta que os outros pesquisados

Michelle disse...

Atenção com compras pelo cartão...o ideal é que cada passageiro compre sua passagem em seu cartão de crédito, porque o seguro é benefício apenas para o titular do cartão. Pode ser que filho menor de idade receba também o seguro saúde se a passagem for comprada no cartão dos pais, mas já vi mães de amigos ficarem sem seguro pq o filho comprou a passagem no cartão dele.
Verifiquem as condições com a operadora do cartao de crédito antes.