24 de jan de 2011

Vale Sagrado: vá, vá, vá!



Não precisei nem chegar ao Peru pra perceber que tinha planificado errado minha viagem. Muito pouco tempo pra tudo, muita coisa deixada de fora. Mas pouca coisa me deu um pânico tão grande quando pensar que eu iria embora do país sem nem ter pisado no famoso Valle Sagrado de los Inkas.
Então eu fiz o que faz a maioria dos turistas que visita Cusco: comprei um passeio de um dia, tipo bate-e-volta, para o Vale Sagrado. Dá pra comprar em qualquer uma das 16783498738765 agências da cidade - vai custar sempre 25 soles - algumas, abusadas, cobram 30. Só que não vale comprar só o passeio: tem que comprar o "boleto turístico", que dá direito a entrar nos sítios arqueológicos - 70 soles (estudante sempre tem meia entrada lá).
Não espere nenhum glamour no passeio. O passeio sai todos os dias, zilhões de micro-ônibus, da pracinha atrás de Plaza de Armas. É assim: não importa com quem vc tenha comprado o seu passeio, eles vão enchendo os ônibus um a um até lotar e sair. CoUsa de dodjo. Mas funciona.
Dei sorte de pegar um guia gente finíssima - e um ônibus quase 100% mochileiros sul-americanos (eu era a única exceção :-D ). Logo de cara, o guia Jorge foi perguntando: "vcs estão a fim de fazer compras ou conhecer a história peruana?". Trato feito, tivemos full tour histórico, sem parada para comprinhas (o único mico foi o almoço buffet).

O Jorge nos explicou tintim por tintim cada detalhe, de cada canto, de cada pedra. Tinha seus momentos Lair Ribeiro., mas era cultíssimo, adorei. E nunca subi tanta montanha na minha vida.

 Meu veredito? Vá, vá e vá. Mas, se puder, fique. Fique 1 ou 2 noites por lá, pra poder conhecer tudo direitinho e não só os 3 lugares principais (Ollantaytambo, Pisaq e Chinchero). Se não der, vá como eu, no bate-e-volta. Imperdível.

6 comentários:

Carla e Élio disse...

Ótima dica, amiga... Esse passeio está na lista dos meu próximos roteiros...
Bjs e Boas Viagens!

Carmem Silvia disse...

Pois é, eu também fui no bate-e-volta. Mas um dia vou pra ficar. Vale, né?

Carolmay disse...

Nossa, como me arrependo de não ter feito este passeio. Fui empacotada e não tinha tempo previsto para isso, só fizemos os sítios históricos em volta de Cusco.

Cristiane Dias disse...

Dica anotadíssima! :)

Beatriz disse...

O Vale Sagrado foi um dos lugares que mais me marcou nas viagens que já fiz! Também me arrependi de ter passado sómente um dia.Gostaría de voltar alugando um carro, e passeando com calma. Ir a feira foi uma experiência iinesquecível,tanto para comprar quanto para ver as cholas vendendo verduras, como para comer aquele milho delicioso que só tem por lá!

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

Menina, também me surpreendi horrores com o TAMANHO daquele milho. E eu, que nem como milho, lá tive que experimentar ;-)