3 de out de 2011

Inci Pastanesi: história "doce" de Istambul

 A Ìnci é uma verdadeira instituição de Istambul. Na verdade, uma instituição turca: dizem por lá que não existe turco que não conheça a Ìnci, nem que seja pela TV. É que o lugar aparece desde sempre nos filmes como cenário dos encontros mais românticos evah.
 Ao vivo e a cores, não tem nada disso. É um lugarzinho pequeno e apertado ao lado das grandes lojas da avenida mais movimentada do bairro de Taksim (İstiklal Caddesi 124). A maioria das pessoas não consegue nem mesa para sentar (são só cinco, bem apertadinhas) e, quem senta, geralmente sucumbe à pressão de terminar logo para deixar o lugar pra outras pessoas. E ali não se serve nem café.
 Maaaaassss... a casa é famosa por seus chocolates, que até hoje figuram entre presentes queridos por quem os recebe em caixas coloridas, com detalhes prateados. E a grande estrela da casa são os profiteroles, que são servidos sem glamour nenhum, por dois tiozinhos, em grandes colheradas depositadas em pratinhos brancos.
 Eles vão sendo enfileirados no balcão conforme manda o movimento da casa. Cada um pega o seu na entrada e segue adiante, procurando um cantinho para comê-lo.
 O prato deve ter umas cinco mil calorias, mas ninguém se importa: todo mundo lá tava com cara de criança, comendo guloseima no sábado à tarde. E  é bem gostosinho mesmo (5 TL)
 Gizuis.
 O negócio é tão disputado que vai todo mundo se encaixando no balcão pra comer.
E é tão corretinho que, depois de se fartar com a guloseima, cada um vai até uma mocinha no final da loja e paga sua parte.
Vale pela atmosfera super peculiar e é prato cheio para solo travelers se fartarem com people watching ;-)

Um comentário:

Carina-Senzatia disse...

Hummmm, deu água na boca!