9 de fev de 2012

Swakopmund: a herança alemã em terras namibianas

 Reza a lenda que a Namíbia - que, btw, até poucas décadas atrás era parte da África do Sul - foi primeiramente "descoberta" pelos portugueses e depois dominada por ingleses e alemães
 A mais óbvia herança alemã no país é, sem dúvidas, a cidadezinha de Swakopmund: suas ruas, lojas, parques, praças, moradores, todos têm nomes claramente alemães. Sem contar que as placas, fachadas e nomes de lojas também mantém essa tendência.
 A bem da verdade, Swakopmund entrou mesmo para o mapa mundi de muita gente quando Angelina Jolie e Brad Pitt se mudaram de mala e cuia pra lá com seus muitos filhos e ali ficaram até que Angelina desse à luz à primeira filha biológica do casal no hospital local - os guias fazem questão de mostrar onde fica a casa deles, num mega condomínio à la Miami, durante qualquer passeio.

 Com arquitetura Art Noveau e grande parte das construções originárias do século XIX, suas principais atrações são a Igreja Luterana e o belo prédio da antiga estação de trens (hoje recepção do Swakopmund Hotel).


 Seu fofo museu tem um acervo impressionante da história da cidade: a formação da flora e da fauna (com direito a animais empalhados e tudo), o mobiliário e as cerâmicas locais ao longo dos séculos e, principalmente, as heranças étnicas em seu povo - com destaque especial para os Khoikhoi, um dos primeiros povos a habitar a região.




 E a Kristall Gallery é um museu subterrâneo bem bacana (embora pequenininho) de cristais, que guarda também o maior cristal do mundo, com mais de 14 toneladas.
O centrinho gira em torno da Brauhaus Gallery, uma área para pedestres, de clima super alemão, tomada por lojinhas mil e cafés que servem kuchen e strudel ;-)

6 comentários:

Lucia Malla disse...

#morri

Swakopmund NOW!!!! :))))

Nadja G. disse...

Mari, descobri o seu blog pela minha amiga Mari Pereira daqui de Buenos Aires. Estou adorando! Belas fotos e textos bem escritos, além de viagens fantásticas. Parabéns!

Eu amo viajar mas nunca fiz uma viagem inteira sozinha. Agora a ideia de fazer isso comecou a tomar forca... ai ai ai!

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

Oba, Nadja! Tomara que vc vire habituée :-D Aqui vc vai encontrar um monte de dicas e ideias pra te estimular mesmo a sair por aí.

Martinho disse...

Ola, eu estava simplesmente pesquisando queando
encontrei seu blog. Adoro mesmo. Adoro viajar, ou penso que adoro viajar, nunca tive oportunidade de fazer uma viagem a sério. Sou de Portugal e sou seu fã!!

Fran disse...

oi Mari! novamente dando parabéns pelo seu blog! mas , minha grande dúvida (ou medo): tenho o hábito de viajar sozinha, mas desta vez, planejei a costa oeste dos EUA, porém de carro. Vale ir sozinha? Ou é arriscado demais?

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

não é nada arriscado, não, Fran; as estradas são excelentes. Só não deixe de fazer um seguro antes de viajar, por precaução, tanto pra você quanto pro carro (muitos cartões de crédito dão esses seguros gratuitamente como benefício, vale checar se é o caso do seu). Assim vc viaja ultra zen ;-)