23 de mar de 2012

Enquete: que "amenidade" é essencial num voo longo pra você?

"Extra legroom" nos aviões: o grande desejo da maioria dos viajantes
Semana passada li na versão eletrônica de um caderno de viagem gringo um pesquisa com seus leitores sobre qual(is) a(s) "amenidade"(S) que eles consideravam essencial num voo de longa duração na classe econômica. Mais de sessenta por cento optava em primeiro lugar disparadão por mais espaço para as pernas. Depois, com percentuais em torno dos trinta, tinham praticamente os mesmos votos as opções: ter tela individual para o entretenimento, ter wifi a bordo, ter boas refeições e ter bebidas alcoolicas grátis (esse último reflexo de um trauma compreensível dos americanos, que geralmente têm que pagar por elas). 
Mas me chamou atenção que opções como friendly staff (algo que eu, pessoalmente, considero bem importante) e power supply (eu dou suuuuper valor a assentos que têm tomadinha individual) tivessem absolutamente 0 votos. Comentei com uma amiga e ela disse "que adianta um staff amigável se você mal consegue caber no assento?". Fez sentido. 
No fundo, todas as amenities mencionadas pelo jornal são importantes. Seria incrível poder ter tudo isso na fish class. Afinal, pagando o dindim razoável que pagamos para passar 10, 12, 15 horas fechado numa aeronave, a gente queria mais era poder ter um assento confortável, esticar as pernocas, comer decentemente, ser bem atendido, poder usar internet e carregar seus gadgets, essas coisas. 
Bom, e a gente também sabe que gosto é gosto, não adianta: enquanto uns acham que, sei lá, deveriam servir caviar belga na classe econômica, certeza que outros vão achar que pontualidade é algo muito mais necessário (e eu me incluo nesse segundo grupo, é claro).
Então vou lançar a perguntinha aqui, pra quem se animar a discutir o assunto: quais seriam, pra você, as amenidades/serviços mais essenciais num voo de longa duração para que ele fosse o menos desconfortável possível? Valem tanto as coisas que foram citadas na tal pesquisa do jornal quanto qualquer outra coisa que vc julgar importante, é claro.

33 comentários:

Mãe Mochileira,Filho Malinha disse...

Olá,td bom? Sem duvida o ideal seria que tivessemos todas as opções a bordo,rss..Como isso é impossivel, em um voo longo acho fundamental em primeiro lugar um assento confortavel,pois na falta do resto só nos resta dormir mesmo...rssss.Mas wi fi e um bom serviço de entretenimento pessoal também ganham meu coração!
:)

Jackie e Rômulo disse...

Hidratante pras mãos! hahhaha Se eu esquecer meu creme pras mãos e não tiver no avião, eu morro naquele ambiente seco. Tenho nervosinho de ficar com a mão seca. #aloka

Mas falando sério, já que é dificil ter um assento confortável na economica, pelo menos uma telinha individual com mts filmes e séries. bjs,

Silvia Oliveira disse...

Toalhinhas quentes e umedecidas para mãos e rosto! Teve uma vez num voo que fiz a NY pela Japan Air Lines e foi um luxo e aconchego! Bjs!

mari (buenos aires) disse...

eu acho que deviam dar água em garrafinha. é um saco ter que chamar o staff cada vez que se quer um copinho de água e ainda ter que deixar a mesinha aberta pra apoiar. ou seja, impossível dormir com aguinha do lado.

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

Mari, também nunca entendi porque a maioria não dá água em garrafinha! Mas eu criei meu próprio método de burlar o sistema rs: levo sempre uma garrafinha vazia e, quando a comissária vai servir, já peço pra encher ;-)

Lelei disse...

Espaço é primordial!!
Vídeo de qualidade boa (pra assistir e de conteúdo) vem sem segundo lugar.

Comidinha que não seja pesada, mas gostosa vem em segundo lugar.

Terceiro lugar, facilidade de se servir de água e petiscos.

Quarto lugar, ajuda do pessoal da cabine!

CarlaZ disse...

Boa Mari! Gostei da ideia!

CarlaZ disse...

Fiquei pensando de todas as coisas que fui me adaptando pra não ligar pros problemas das cias aereas para voos longos.
Como é difícil dormir em avião gosto de voo diurno e assim durmo só na hora de dormir mesmo. Pra passar o tempo levo livro, revista e baixo series pro meu net (nesse caso tomada é bom pela garantia de que não vou ficar sem). Já fiz muitos voos, principalmente de/para Estados Unidos sem nem pedir a comida! Faço uma boa refeição antes pra não morrer de fome.
Confesso que odeio entrar num avião que não tenha tela individual (e incrível que é sempre o voo de volta).
No final o que queria que melhorasse era o atendimento em terra e a pontualidade.

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

Avião sem entretenimento individual também acaba com meu bom humor na hora, Ca!

Marcie disse...

Morando nos isteitis, você logo aprende a não depender muito da companhia aérea para seu conforto... Então, eu levo minha própria comida, minha garrafinha ( eu já tinha copiado seu método, viu, Mari!), e meu entretenimento. Ah.. levo também minha própria máscara para cobrir os olhos. Sobra para a companhia aérea o espaço e a tomada. :-)

Marcie disse...

Silvia, bons tempos em que a Japan fazia o trecho NY/SP. Not any more!! :(

gabebritto disse...

Dormonid. =)

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

hahahahaha tu queria que já fosse distribuído no check in, né, Gabe? :-P

Luciana Almeida disse...

Com certeza tela individual de tv com uma boa programação e wi- fi livre!

Rapha Aretakis disse...

Eu só queria conseguir dormir profundamente, aí nada me abalaria. Mas como não consigo, acho que entretenimento individual e uma poltroninha confortável são primordiais. Até fiz um post com meu kit de sobrevivência para voos longos no comecinho do blog.

Haja bagagem de mão!

:*

Anônimo disse...

A melhor coisa que a companhia pode me dar, principalmente num vôo longo, é uma poltrona vazia do meu ladinho. Eu viajo muito sozinha e por diversas vezes fui sorteada com a vizinhança. Já tive o depressivo que viajou para esquecer um divórcio (linhas aéreas auto-ajuda), o sem noção que me perguntou pq eu usava um all star e não um Nike(?), fora os galãs latinos que acham aquela proximidade forçada uma boa oportundade para paquera...aff.
Tem hora que é engraçado, num vôo Kayseri-Istambul, eu estava sozinha, e meus vizinhos de poltrona eram um grupo de uns 10 músicos muçulmanos, super tradicionais, com vestimentas e masbaha na mão. O que tinha a poltrona do meu lado não quis sentar de jeito nenhum, ficou em pé até o último minuto e praticamente obrigou as comissárias a pedir alguém para trocar de lugar com ele. Sofri bullying!!
Por conta disso, eu hoje levo meu próprio entretenimento, filmes, músicas e livros (vai que não tem tomada) e meu próprio fone, odeio aqueles fornecidos pelas cias. Chamo de meu kit antissocial :)

Karina Gomes

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

hahaha Karina, quem nunca teve ao seu lado um passageiro das linhas áreas auto-ajuda que atire a primeira pedra, né? ;-))))))

Ana Carla disse...

Garrafinha de agua e vinho são as únicas coisas que considero indispensaveis! Eu sempre durmo no voo, o vinho dá aquela ajudinha, então não me incomodo com mais nada. Sempre levo minha própria "diversão a bordo" (ipad cheio de filmes e seriados, kindle e uma revista) para caso eu não consiga dormir, então tb não faço questão de telinha individual. Tomada, wi-fi e mais espaço seriam ótimos, mas não considero essencial para mim.

PS: que comentário é esse da Karina Gomes sobre seus "vizinhos de poltrona"?? To rindo muito aqui, rsrs...

Camila Navarro disse...

Marcie e Mari, vou adotar a garrafinha já! Carrego a minha no dia a dia, mas nunca tinha pensando em levar no avião! Mas sabe que eu gostei mais da idéia por assim poder dispensar o copo descartável? Tenho agonia da quantidade de lixo gerado nos aviões!!!

Também levo umas comidinhas, principalmente chocolate, que deixa qualquer viagem mais feliz! :) E sempre tenho meu travesseiro inflável, o tapa-olhos e Dramin para o caso de não conseguir dormir. Acho que a companhia aérea só precisa me dar mais espaço e a tomada também!

Diogo Avila disse...

Poderiamos mesmo passar horas elencando os mimos.
Certamente maior espaço seria o ideal, mas acho que não é mimo não.
Lembro bem destas toalhinhas da JAL na extinta rota GRU-JFK-NARITA, muito melhor que aquelas toalhas químicas que rececam rápido.
O leitor acima citou "dormonid" Rsss. Já que não dá para distribuir, poderiam sim servir um suco de maracujá. Já ajuda um pouco.
Recentemente, chamou a atenção, num voo da Qantas entre Johannesburgo e Sydney, eles fornecerem um saco super bacana cheio de chocolates e balas entre as refeições. Ah, isto na econômica. Fiquei imaginando como seria na first...

Tania Pereyra disse...

Concordo com a Carla Z e a Marcie. Qd vou ao Brasil(sou vizinha da familia Pellicano)vou de voo diurno pra nao ter que dormir muito. Alem de chegar em SP a noite e nao ter tanto transito na saida do aeroporto.
Levo um livro, Ipad e algumas revistas pra passar o tempo pq ja peguei voo que a tela de entretenimento nao funcionava.
Qt a alimentacao eu levo de casa mesmo. Um potinho com frutas, garrafa de agua vazia, sanduiche e bolachinhas e estou feliz.
Uma tomada seria a minha salvacao pra poder ficar no Ipad por horas a fio sem me preocupar com a bateria. Ainda nao experimentei a bateria externa para o Ipad. Mas ja vi na Amazon pra vender.
Nao espero nada das cias aereas. Soh que chega sa e salva ao meu destino. :)

Ju Afonso disse...

Troco qualquer amenidade por uma cadeira que recline mais e que seja um pouquinho maior! Já faz uma bela diferença!

Também gostei da ideia da garrafinha...! Nunca tinha pensado nisso! =D

Beijos!

Dani Bispo disse...

Assento confortável em primeiro lugar e uma comida comível em segundo. O resto para mim não é tão importante já que eu durmo o vôo quase todo e só acordo para comer rs

Dani Bispo disse...

Gostei da ideia da garrafinha! Adotei!

Ana Sophia disse...

Mári,
Acho que,pra mim, o item primordial é a pontualidade! Já fico de mau humor qdo o voo atrasa e aí qqr coisa fica ruim! Principalmente pq sou daquelas q chega com 3h de antecedência no aeroporto, então se o voo atrasa, acaba com meu dia! Além disso, em segundo, vem as cadeiras um pouco mais largas e com mais espaço pras pernas e em terceiro vem o entretenimento individual( sou daquelas que não dorme em voo, nem noturno! Chego um trapo no destino!).
beijos

p.s. Só pra contar: A AIR FRANCE serve garrafinha de água junto com a refeição.

Anônimo disse...

Espaço para pernas (+1,80 m), pontualidade e ar condicionado em temperatura decente (não tão frio, nem tão quente).

Adri Lima disse...

1. Espaço pras pernas
2. Power supply
3. Wifi a bordo

O entretenimento de bordo é uma loteria, prefiro tb levar minhas series pra assistir e revistas que vão ficando pelo caminho. :-)

Lucia Malla disse...

Espaço, sem dúvida. Depois entretenimento pessoal.

(Mas uma rodada de champanhe pros interessados durante o vôo seria simpático tb... :P)

Unknown disse...

Oi, Mari...Pra mim, além de todos esses problemas que todo mundo falou, considerando principalmente a bendita poltrona mais confortável (espaço e recline) e a telinha individual, agora, com criança, um lugarzinho pra criançada brincar seria bom, é pedir muito? ;)
Isso pq eu já tenho mesmo que levar a água, o suco, as bolachinhas, etc, etc, mas acabei perdendo um tanto de lápis de cor no meio das poltronas (sim, existe um vão entre elas), derrubando suco no livrinho, enfim...enqto ela nao se entretém com a telinha, tá fogo improvisar. Sem falar que num momento de crise de choro só me restou a cozinha no fundo do avião...Bom, sonhar não custa...rsrs

Tania Camilio disse...

Oi, Mari...Pra mim, além de todos esses problemas que todo mundo falou, considerando principalmente a bendita poltrona mais confortável (espaço e recline) e a telinha individual, agora, com criança, um lugarzinho pra criançada brincar seria bom, é pedir muito? ;)
Isso pq eu já tenho mesmo que levar a água, o suco, as bolachinhas, etc, etc, mas acabei perdendo um tanto de lápis de cor no meio das poltronas (sim, existe um vão entre elas), derrubando suco no livrinho, enfim...enqto ela nao se entretém com a telinha, tá fogo improvisar. Sem falar que num momento de crise de choro só me restou a cozinha no fundo do avião...Bom, sonhar não custa...rsrs

ilma disse...

Vou adotar a garrafinha de agua tb. Gostei.

ilma disse...

Vou adotar a garrafinha. Adorei a idéia.... Poltronas mais confortáveis tb é meu "sonho".

Jussara disse...

Comentário super atrasado pq leio pelo Google Reader, daí dá aquela preguicinha de comentar na hora. :D
Concordo com vc, e tb acho friendly staff bem importante. Ir no aperto e com comissários mal humorados e antipáticos não dá. E em vôos internacionais é batata: sempre tem um soltando vespa pela boca. Um horror.
Então eu colocaria friendly staff e mais espaço nas poltronas e para as pernas em primeiro lugar. Mas como vamos mesmo no aperto, friendly staff pra mim é importante, com ou sem poltronas confortáveis [eu gosto de ser bem atendida, pra mim é primordial; posso relevar tudo, mas o que me deixa de mau humor é receber atendimento grosseiro, sendo que eles são pagos pra isso, não? Não estão me fazendo um favor. Sem falar que educação cabe em qualquer lugar].

O restante dá pra driblar (não sou do tipo que reclama de comida de avião; geralmente estou já com mta fome e costumo "limpar o prato") mesmo que eu tenha comido em casa ou no aeroporto. Quanto a entretenimento individual pra mim não faz diferença, quase sempre já vi os filmes disponíveis, e geralmente eu tento dormir durante o vôo (se eu consigo são outros quinhentos).
Só uma vez peguei garrafinha de água, mas a sua idéia de levar uma vazia e pedir pra encherem é ótima! :-) (será que os comissários antipáticos não fazem cara feia? rsrs)