16 de mai de 2012

InstaMexico















6 comentários:

Nathalia disse...

Mari, agora que você está no DF, fala como está a cidade. Na imprensa só se fala da violência que acontece no Norte do México, principalmente após a morte de mais um jornalista. As reportagens dão a sensação de que o país é todo uma praça de guerra. Muito complicado...

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

Nat, eu falei sobre isso nas minhas outras viagens pra cá, inclusive na de novembro passado. Uma pena isso que a imprensa faça com o México. E o mesmo desserviço que fazem com o Rio de Janeiro, mas no caso da Cidade do México acho ainda mais gritante. Claro que a gente não vai se meter em becos escuros, nem nada do gênero, certo? Que brasileiros são escolados ;-) Mas ando sozinha, saio à noite, tomo metrô, tomo táxi e caminho inclusive à noite, na maior segurança. Os mexicanos são ótimos e a cidade é divina. O único local que eu não recomendo circular à noite é ali pelo centro, imediações do Zócalo e tal. De resto, pode vir feliz da vida ;-)))

Nathalia disse...

Mari,
Obrigada pelas dicas, mais uma vez.
A passagem pro DF já está comprada. Não vejo a hora. :)

Jussara disse...

Mari,bom saber disso que vc falou pra Nat, nem por causa do que falam na imprensa, mas pq o tamanho da CM me assusta. :D
Vou fazer uma pergunta boba, por favor não ria, mas é que li isso no guia da Folha e fiquei meio surpresa. Nele a autora fala que não se pode andar de bermuda nem de sandália na CM pq lá eles não saem assim às ruas. Oi? Achei meio estapafúrdio. O que vc me diz? Ela fala muito do machismo tb e de que é perigoso mulher sair sozinha, bla bla blá. E eu vou sozinha, então sempre bate um certo receio. Vc já levou alguma cantada desagradável nas suas idas para lá?
Obrigada.

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

Jussara, nunca tinha ouvido nada disso. O que acontece com os mexicanos da capital, assim como com vários americanos e europeus, é que eles associam bermudas e sandálias a férias e praia. Então não é usual que eles saiam assim às ruas. Mas já estive na capital no auge do verão, em pleno julho, e tinha MUITA gente de bermuda e sandália nas ruas! Machistas os mexicanos são, tanto quanto os brasileiros e outros povos latinos em geral. E são galanteadores por natureza, mexem sempre com as mulheres na rua. Mas nada grosseiro ou, muito menos, violento. Quanto à segurança, eu sempre recomendei aqui não sair à noite sozinha no centro. Aliás, nem os meninos. O centro é complicado à noite, assim como o centrão de São Paulo (aliás, eu acho a Cidade do México MUITO parecida com São Paulo, em quase tudo). Mas eu já voltei várias vezes à noite sozinha para o hotel, em diferentes anos e viagens, sem nenhum problema. A gente só tem que lembrar de tomar em viagem as mesmas precauções que a gente tomaria em qualquer cidade grande do Brasil ;)

Jussara disse...

Obrigada pela resposta, Mari! Eu uso muito sandália para caminhar quando viajo, acho que o tênis esquenta, a não ser que o lugar peça, então achei estranho ela falar que eles não usam/gostam de sandália nem de bermuda... A autora é americana, e pela sua resposta acho que isso explica ;D.
Toda vez que falam que os mexicanos são machistas eu lembro que os brasileiros também são. Talvez uns sejam mais, outros menos. O que eu achei é que eles são bem simpáticos, só não sei se na capital também são assim. Apesar de ainda não conhecer a CM, e de apenas ter ido passear em São Paulo, também vejo semelhanças entre as duas.
Vamos ver o que me espera. Tomara que dê tudo certo! :-)