11 de jul de 2012

Cour Saint-Émilion: o lado mais gostoso de Bercy

 Nessa última visita a Paris, agora no finzinho de junho, fiquei hospedada pela primeira vez no bairro de Bercy. Uma região que, confesso, eu conhecia muito pouco antes disso e pela qual voltei cheia de carinho.
Um dos lugares mais legais do bairro, que eu acho que vale muito a "viagem" até lá, é o fofíssimo Cour Saint-Émilion.
 O local era, muito antigamente, o local das adegas do vinho que (sim!) era produzido na cidade. Os trilhos do trem que passava bem ali transportando uvas e galões ainda estão lá, bem no meio da rua - e, no lindo jardim ao lado, ainda dá pra ver as últimas parreiras mantidas no local. 
 O bacana do Cour Saint-Émillion (para visitar, é só descer na estação de metrô de mesmo nome, linha 14, que desemboca literalmente ali) é que ele foi recentemente convertido num "point", com os antigos armazéns e adegas convertidos no charmoso Bercy Village - com direito a vários restaurantes e cafés e até lojinhas (de coisinhas pra casa, lindas), lojonas (como Sephora e Fnac) e um supermercado (Monoprix).
 Ali, dentre os destaques "gastronômicos", tem uma das unidades do ótimo Boco (o restaurante "dos potinhos", sobre o qual falei aqui no Saia Pelo Mundo) e do também ótimo Chai 33 (um dos melhores jantares da viagem). 
 A maioria dos restaurantes, além do espaço interno, deixam fofas mesinhas ao ar livre também, para aproveitar agora essa época de tempo quente. Entre idas e vindas, estive ali 4 vezes, 2 durante o dia e 2 à noite, e estava sempre seguro e bem bem bem movimentado.

 Quem for de dia, pode aproveitar o bom tempo e passear pelo lindo, lindo, lindo (e imenso) jardim que começa logo ao lado e vai terminar só na (igualmente imperdível) Cinématheque. 


Programaço. 

Um comentário:

CarmeLa disse...

Acho que Francia é linda e mais ainda na verão.
Bjs
Carmen L.