3 de out de 2012

Hotel review: Relais Sant´Elena, Toscana

A casa maior, onde ficam a maioria dos quartos
 Anota aí: se você estiver planejando uma viagem suuuuper romântica pela Toscana e não quer gastar muito, o Relais Sant´Elena  é um belíssimo lugar - bom, e mesmo que você estiver sozinho ou em família, continua sendo uma opção de hospedagem linda, linda.
A casa mais antiga, todinha de pedra, ao fundo
 Fui também convidada a me hospedar por uma noite nessa bela propriedade que fica nos arredores de Bibbona (sim, isso mesmo que você leu :D) e ocupa três casas da fazenda da família Gardini Rossi Ciampolini. A primeira, onde ficam também recepção e restaurante, é a mais antiga, toda em pedra, e tem quatro quartos no andar superior (com uma escadinha íngreme de doer para a subida, diga-se de passagem). Os demais quartos ficam na casa maior, mais novinha, divididos em dois andares.

Clima fofo na piscina
 O legal dali é que cada quarto tem um tamanho e uma decoração diferente - alguns deles têm também varandas - sempre num estilo romântico, com dosséis nas camas, e valorizando materiais regionais. Meu quarto tinha bom tamanho, bastante luz natural (inclusive em "buracos" originais das pedras da parede, protegidos por tela anti-mosquito) e um banheiro bem espaçoso (mas, infelizmente, com aquelas cortininhas horrendas no box).




 Nas áreas comuns, um gazebo enorme para relax, um mini spa, solário e uma piscina linda, com espreguiçadeiras e caminhas bali-style ao redor - o melhor lugar para assistir ao por-do-sol desbunde diariamente, aliás. Têm boa área para estacionamento dos hóspedes e eles também emprestam bicicletas grátis para quem quiser explorar a região e promovem, mediante reserva e pagamento, tours enogastronômicos e tours de bike pelos arredores, além de golfe, tours a cavelo e idas a termas e spas.

A gente recebe no check in um código para o wifi free, mas ele é bem fraquinho e inconstante. Já o café da manhã foi dos melhores que já tomei: frutas fresquíssimas, pães (e outras comidinhas) feitos literalmente para cada hóspede no momento que chegam (assim como os sucos) e um capuccino irretocável.  O serviço, à exceção do restaurante, é bem sisudo e fraquinho (no restaurante, no café, o serviço foi excelente) - e também não existem maleteiros e coisas do gênero.

O ótimo buffet do café da manhã ainda é acrescido de mimos e pratos quentes, trazidos à mesa
São seis opções diferentes de quartos para escolher e as diárias vão de 90 euros (single, na baixa) a 340 euros (quarto luxo, na alta).
Gracinha de lugar.

Nenhum comentário: