27 de nov de 2012

Barbearia Campos: história pura em Lisboa

 
 Bem no Largo do Chiado, aquele miolinho delicioso de Lisboa que tooooodo mundo visita seja na primeira, segunda ou enésima vez na cidade, fica uma loja que é pura história na cidade. Aliás, loja, não: uma barbearia. Ou, se você preferir, um CABELLEIREIRO, assim, com dois Ls, como prega a fachada da Barbearia Campos.
 Não, não se trata de propriedade da família :D  - ao menos não diretamente ;)  A Barbearia foi fundada em 1886 e instalada no piso térreo de um edifício que fazia parte do famoso "plano de reconstrução Pombalina", supervisionado pelo próprio Marquês de Pombal depois do terremoto de 1755.
 Ali, as pias, bancadas, máquinas de engomar (!!!) e cadeiras são mantidas iguaizinhas - embora restauradas, é claro - ao que era na época em que figuras ilustres (como Eça de Queiróz, por exemplo) iam ali para fazer, literalmente, barba, cabelo e bigode. 

E, além dos funcionários serem super simpáticos, os clientes parece que já estão super acostumados com gente "estranha" entrando ali e aproveitam para contar causos enquanto lhe fazem a barba com aquelas navalhas enormes de antigamente.
Gracinha.

2 comentários:

Anônimo disse...

Precisa descobrir quem foi o CAMPOS que deu origem ao nome da barbearia. Pode ter sido algum parente distante.

Luffi disse...

Acho que vou experimentar cortar o cabelo aqui da próxima vez! Depois veremos o resultado =)