16 de nov de 2011

Conejo Blanco: surpresa fofinha na Cidade do México

 Eu tinha me programado para almoçar em outro lugar nesse dia. Estava em franca exploração do bairro de Condesa, na Cidade do México, entre livrarias, lojinhas e ateliês, quando passei por essa simpática e super despretenciosa casinha branca na calle Amsterdan, uma das mais legais pra caminhar no bairro. Prestei atenção no nome, Conejo Blanco, e lembrei que tinha anotado tal lugar como indicação de livraria.
Pequeninho e muito mexicano, adorei de cara, entre montes de livros e simpaticíssimos libretos em formato cordel espalhados pela casa.
 E foi entre os simpáticos estandes de livros e coisinhas de papelaria que descobri que, ao fundo, funcionava um café. Não, um café, não! Um bistrozinho. Bem, bem simples, com móveis díspares, toalhinha xadrez, absolutamente no frills. Mas eu já estava com fome, tinha comprado leitura :-D e tinha mesmo simpatizado muito com o lugar; então resolvi ficar pra almoçar.
 Baita surpresa: o menu do dia, com entrada, salada, prato e sobremesa, custava menos de 100 pesos, o que não dá nem 15 reais. Pronto, decidido.
 As outras mesinhas - são poucas, umas seis ou sete, só - também lotaram rapidinho. E todo mundo ia nesse menuzinho super simpático, que se revelou uma comida bem gostosinha, no melhor estilo comfort food.
 O atendimento, ultra relax, foi de uma simpatia só - quase todo mundo ali era gringo e os dois meninos-garçons se comunicavam super bem também em inglês (e ainda davam dicas sobre a vizinhança).
 E olha que até a apresentação dos pratos era bem simpática.
De longe, o melhor custoXbenefício gastronômico da cidade. Repetiria fácil, fácil.

Nenhum comentário: