5 de out de 2010

Azafrán: comida impecável, serviço decepcionante

 O Azafrán estava recomendado em todos os guias e textos que li sobre Mendoza antes de viajar. Tinha mesmo que ser bom. Pois é e tem ainda a vantagem de estar em pleno centro de Mendoza.
 O restaurante é pequeno mas muito aconchegante. Bem informal, com mesas muito perto uma das outras, vários objetos antigos na decoração (tem até vinil!) e objetos à venda expostos entre as mesas. A adega também é, apesar de pequena, interessantíssima.
 Posso afirmar que o jantar no Azafrán está entre minhas refeições prediletas da viagem. O chef Pablo é uma simpatia, vai de mesa em mesa contar as sugestões do dia que não estão do cardápio e explica com perfeição os pratos se você se mostrar em dúvida entre dois.
 Eu já sabia que ia adorar a refeição só pela manteiguinha condimentada que veio acompanhando os pães quentinhos...
 A entrada com jamón crudo estava, como diria minha avó, dos deuses!
 Depois, o magret de pato, no ponto perfeito, envolto numa calda de malbec e frutas vermelhas, divino.
E o gateauzinho de chocolate também estava supimpa.

O único senão? O serviço. Deixa MUITO a desejar. As garçonetes são desatentas e confundem pratos e pedidos. Demoram séculos para trazer a água que vc pediu, por exemplo. E o sommelier, convencidíssimo, trouxe o Torrontés da entrada muito menos gelado do que deveria e depois também simplesmente desapareceu. Os vinhos todos chegaram depois dos pratos, uma pena.

Veredito? Comida absolutamente impecável, mas serviço inteiramente decepcionante.

2 comentários:

Anônimo disse...

Mari,
Eu entendo que deve ser frustrante comer em um lugar que não lhe serve bem, mas é preferível que acontece isso a que a comida é decepcionante e o serviço impecável... eu gosto comer bem.
Beijos
Carmen

Mari Campos - Pelo Mundo disse...

Tem TOOODA a razão, Carmen! Mil vezes a comida ser excelente e o serviço ruim que o inverso!!! Eu também AMO comer bem :-D